Vídeo mostra crianças sujas de lama sendo resgatadas de escola em Petrópolis

Ao menos 36 pessoas morreram na cidade da região serrana do Rio de Janeiro

Resumo da Notícia

  • Crianças sujas de lama são resgatadas de escola em Petrópolis;
  • Escola fica no mesmo bairro onde uma barreira deslizou na região do Morro da Oficina;
  • Foram 6 horas de chuva e 35 mortes até o momento

A cidade histórica de Petrópolis, no Rio de Janeiro, foi tomada por fortes chuvas no final da tarde desta terça-feira, 15 de fevereiro. Um vídeo  registrou o momento em que crianças sujas de lama foram retiradas às pressas de uma escola no bairro Alto da Serra, em Petrópolis, na Região Serrana do Rio.

-Publicidade-

O bairro é o mesmo onde uma barreira deslizou e deixou um morto e pelo menos três soterrados na região do Morro da Oficina, segundo o Corpo de Bombeiros.

Foram seis horas de chuva. O volume supera o esperado para o mês de fevereiro. A força da água arrastou carros e casas morro abaixo, deixando inúmeras vítimas. A Defesa Civil recebeu ao menos 263 chamados de pessoas que moram nos locais atingidos. As buscas por vítimas continuam.

Entenda o caso

A região serrana do Rio de Janeiro viveu a maior tragédia climática da história do Brasil em 11 de janeiro de 2011, quando a chuva que caiu naquele dia deixou mais de 900 mortos e quase 100 desaparecidos. A tragédia se repete 11 anos depois.

Moradores de Petrópolis informaram que o atendimento médico na cidade está caótico. Na última terça, todas as sirenes foram acionadas, alertando os residentes das áreas de risco. A subida para Petrópolis foi interditada por causa de queda de barreira na BR-040.