Criança

Você sabia que a voz da mãe é tão confortante quanto um abraço?

Liberação do “hormônio do amor” vai além do contato físico; saiba mais

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

little-girl-speaks-on-the-phone-picture-id687316334

(Foto: iStock)

É isso mesmo! De acordo com pesquisadores da Universidade de Wisconsin-Madison, um simples telefonema da mãe causa a liberação de um hormônio poderoso que pode acalmar os nervos.

Foi realizado um teste em um grupo de meninas de 7 a 12 anos, o qual disparava os níveis de cortisol – hormônio do estresse. Após estressadas, um terço das meninas foi confortado com o toque de suas mães, um terço assistiu a um vídeo de emoção e o resto foi colocado no telefone com a mãe.

A pesquisadora concluiu que tanto as que interagiram pessoalmente, quanto as que interagiram por telefone, tiveram praticamente a mesma resposta hormonal. Os níveis de ocitocina, ou “hormônio do amor”, das meninas aumentaram muito e o hormônio do estresse foi eliminado.

Após os resultados, pode-se concluir que a liberação do “hormônio do amor” vai além do contato físico.  Escutar a voz da mãe pode ser tão aliviante quanto um abraço e o mais importante: os resultados são duradouros.

As descobertas também levantaram a diferença do estresse nos meninos e nas meninas. Quando se sentem estressados, eles tendem a lutar e fugir, já elas tentam usar algum vínculo social para lidar com isso. Essa é uma maneira fácil e acessível para se sentir melhor.

Leia também:

“Abraço é uma necessidade humana”, afirma Anna Chiesa

Mães de menino, parem um minuto para ler esse desabafo

Você já imaginou o poder do abraço para um prematuro?