Criança

Xixi na cama: respondemos às 9 dúvidas mais comuns para você ajudar seu filho 

A dica mais importante é não culpar a criança!

Jennifer Detlinger

Jennifer Detlinger ,Filha de Lucila e Paulo

A enurese noturna atinge cerca de 15% das crianças com mais de 5 anos (Foto: iStock)

Quando você colocou seu filho para dormir estava tudo bem, mas na hora de acordar, viu que ele havia feito xixi na cama. Para evitar essa situação, a medida mais adotada pelos pais costumar ser acordar a criança durante a madrugada para usar banheiro e voltar para cama. Mas será que isso ajuda mesmo no controle da enurese?

Segundo a Sociedade Brasileira de Urologia (SBU), a enurese, transtorno que causa a perda involuntária da urina durante o sono, atinge até 15% das crianças com mais de 5 anos de idade. “Pode acontecer devido a fatores genéticos relacionados à quantidade de urina produzida pela criança durante a noite ou à disfunção da bexiga durante o sono, ocorrendo, portanto, sem qualquer culpa por parte da criança”, explica Atila Rondon, urologista e pai de Lara e Lia.

O especialista respondeu algumas das perguntas mais ouvidas pelos pais em seu consultório. Olha só:

“Meu filho chegou em casa dormindo. Devo acordá-lo para fazer xixi no banheiro?”

Sim. É muito comum que as crianças voltem dormindo de festinhas ou passeios mais longos. Mas antes de colocar seu filho na cama para dormir, o ideal é acordá-lo para fazer xixi no banheiro. Isso porque todo o líquido que ele consumiu permanecerá armazenado na bexiga por um longo tempo, facilitando episódios de perda involuntária. No caso da enurese isso é ainda mais importante, já que a criança produz, naturalmente, mais urina à noite e tem uma capacidade vesical menor.

“E durante a noite, é certo acordar a criança para ir ao banheiro?”

Não. Muita gente usa essa alternativa no intuito de preservar o colchão, mas a técnica não é recomendada. Acordar a criança durante a noite faz com que ela tenha um sono superficial e, por consequência, possíveis lacunas em seu desenvolvimento. A própria qualidade de vida da mãe passa a ser afetada, já que ela também precisa acordar para levar a criança ao banheiro.

“Quais são os prejuízos do sono interrompido?”

A enurese pode acontecer em todas as fases do sono e é por isso que não adianta escolher um horário para acordar a criança e levá-la ao banheiro. Por não ter um esvaziamento completo da bexiga durante os episódios de perda, é comum que a criança faça xixi na cama várias vezes em uma mesma noite. A qualidade do sono está ligada às atividades que são realizadas ao longo do dia. Invista nos exercícios físicos apropriados à idade do seu filho e evite os equipamentos eletrônicos à noite.

“Devo colocar fraldas no meu filho para dormir?”

Por mais que a ideia seja evitar qualquer incômodo, colocar fralda em crianças acima de 5 anos pode prejudicar o desenvolvimento emocional e não ajuda no tratamento da enurese. Converse com o especialista e tente outras abordagens. A própria retirada precoce da fralda – em média, antes de 1 ano e 8 meses – aumenta as chances de xixi na cama. Antes de desfraldar, identifique no seu filho os sinais de que ele está preparada e evite pressioná-lo.

“Existe um horário para levar a criança ao banheiro à noite?”

Sim. O ideal é que a criança vá ao banheiro logo antes de deitar e assim que acordar. A ingestão de líquidos durante a noite deve ser evitada, assim como o consumo de alimentos com cafeína e/ou estimulantes. Durante o dia, faça com que seu filho se hidrate bastante e vá ao banheiro com frequência. Criar rotinas é uma maneira simples de estimular o desenvolvimento da bexiga e evitar as perdas de xixi na cama. Mas fique atenta aos sinais como jato fraco, ardência ou contenção. Eles podem indicar que o mecanismo urinário precisa da atenção de um especialista.

“O que fazer quando meu filho acordar com os pijamas molhados?”

Mesmo com todos os cuidados, às vezes, o xixi escapa. Por isso, dê conforto ao seu filho e mostre que a enurese é apenas uma fase que vocês passarão juntos. Nada de castigos, punições ou deboches. Por mais estressante que a situação seja, a criança não tem culpa – e nem você. Procure um especialista e trace alternativas. O apoio dos pais é indispensável para que a criança supere o transtorno sem traumas, e, de preferência, com qualidade de vida e de sono.

“No inverno aumenta a frequência do xixi na cama?”

Fazemos mais xixi mais no inverno porque transpiramos muito menos do que nas outras estações. Nosso corpo produz a mesma quantidade de água independente da época (num processo chamado homeostase), quando a temperatura externa é muito mais fria do que a do corpo, a quantidade de água que eliminamos pelo suor e pela respiração é bem menor. Nos dias de frio, quem passa a lidar com o excesso de água do nosso organismo é o rim, que controla a bexiga. Fazemos mais xixi porque é a forma que o nosso corpo encontra de eliminar e equilibrar o nível de água, o que pode aumentar a ocorrência de episódios de enurese.

“A ansiedade piora o quadro? Percebo que na semana de provas da escola, a frequência do xixi na cama aumenta”

A criança com enurese não consegue controlar a micção durante o sono e os episódios ocorrem involuntariamente. Em momentos de estresse, o xixi na cama pode aparecer com mais frequência. Você deve ficar atento ao comportamento do seu filho para identificar se é uma situação esporádica, ou se está sendo recorrente.

“Meu vizinho deu um remédio para a filha dele e a menina melhorou, posso usar a mesma medicação com o meu filho? O tratamento é o mesmo para todas as crianças?”

Cada criança deve ser avaliada para que o especialista encontre o tipo de tratamento mais indicado. Algumas das causas da enurese são excesso de produção de urina, menor capacidade da bexiga ou dificuldade de acordar. Nestes casos, o especialista pode indicar medicações ou dispositivos médicos. Inserir pequenas mudanças na rotina, como evitar que a criança beba líquidos 2 horas antes de dormir e incentivar o xixi antes de deitar e logo ao acordar, também são recomendados e podem trazer bons resultados. E o mais importante: cada noite seca precisa ser encarada como uma vitória, valorizada com elogios e muito carinho!

Quer saber outras dicas para evitar que seu filho faça xixi na cama? Assista ao nosso live com o Dr. Atila Rondon!

Leia também:

Xixi na cama após o desfralde: por que isso ocorre?

Até quantos anos fazer xixi na cama é normal?

5 mitos sobre xixi na cama esclarecidos