Deixe seu filho longe das doenças comuns no carnaval

Desidratação, insolação e queimaduras são algumas delas, saiba como prevenir

doencas-carnaval
(Foto: Shutterstock)

O carnaval está chegando e muitas vezes a gente pensa tanto na diversão que se descuida de algumas prevenções básicas. Carla Bigoni, pediatra da Pro Matre Paulista, filha de Renzo e Maria José, nos deu algumas dicas para seus filhos passarem bem longe das doenças que são mais comuns no período de carnaval.

-Publicidade-

Fuja das queimaduras 

“A primeira coisa que eu acho importante falar e que acontece com frequência é a queimadura do sol. Procure expor as crianças à luz solar até às 10h ou só depois das 15h”, aconselha Carla. E não pode esquecer do protetor solar! Sempre com o fator acima de 30. Outra dica legal é preferir usar roupas mais leves, como as de algodão.

-Publicidade-

Abuse do repelente

Durante o verão há uma maior proliferação do mosquito Aedes Aegypti e é super importante se proteger. Mas atenção, porque a maioria dos repelentes só podem ser usados em crianças maiores de 2 anos. “Uma dica para quem tem filhos pequenos é utilizar os famosos mosquiteiros no carrinho e no berço para evitar as picadas”, exemplifica a pediatra.

Cuidado com as brincadeiras de espuma

No carnaval a gente sabe que rola muita brincadeira com espuma, afinal isso faz parte de toda a diversão. “Os pais precisam ficar atentos, porque muitas espumas contém álcool e isso pode dar alergia na pele das crianças ou fazer um estrago pior, caso entre em contato com os olhos”, diz Carla.

Comer de 3 em 3 horas

“Seguir a agenda de refeições é essencial, além de cuidar da hidratação a cada 20 minutos”, explica a especialista. As crianças perdem muita água do corpo por causa da folia e a desidratação é algo comum no período de carnaval, então a melhor forma de evitar é bebendo bastante água. Prefira a água de garrafinha ou água de coco natural, os sucos de caixinha e refrigerantes contém muito açúcar.

Seja chato na hora de escolher onde vai comer

“Outra doença comum nesse período é a diarreia e vômito, então avalie sempre a procedência do local onde você vai se alimentar”, aconselha a pediatra. Fique sempre de olho em como as pessoas manipulam os alimentos.

 

Leia também:

Veja os principais cuidados para curtir o Carnaval de rua com os bebês

3 tipos de lanches para levar no bloquinho de carnaval

Folia ou tranquilidade?

    -Publicidade-