11 recém-nascidos morrem após incêndio em hospital no Senegal

O fogo teria sido causado por conta de um curto-circuito na instalação elétrica

Resumo da Notícia

  • Hospital de Tivaouane é incendiado
  • O fogo teria começado por conta de um curto-circuito na instalação elétrica
  • De acordo com a imprensa local, o prédio foi inaugurado recentemente
  • 11 bebês recém-nascidos faleceram com o fogo

Onze bebês recém-nascidos faleceram na última quarta-feira, 25 de maio, após um incêndio em um hospital no Senegal. O presidente do país, Macky Sall, anunciou a notícia nas redes sociais. “Acabo de tomar conhecimento, com dor e consternação, do falecimento de 11 recém-nascidos em um incêndio ocorrido no serviço de neonatologia do hospital público de Tivaouane”, escreveu ele, na conta do Twitter.

-Publicidade-

De acordo com informações da mídia local, o incêndio aconteceu por conta de “um curto-circuito, e o fogo se propagou muito rapidamente”, como apontou o prefeito da cidade, Demba Diop.

11 recém-nascidos morrem após incêndio em hospital no Senegal
11 recém-nascidos morrem após incêndio em hospital no Senegal (Foto: Getty Images)

O prefeito acrescentou que, além dos 11 que falecera, outros 3 recém-nascidos conseguiram se salvar. O hospital ainda é novo e foi inaugurado recentemente.

Um caso similar aconteceu no Senegal em abril, no município de Linguere, quando um incêndio provocou a morte de quatro bebês em um hospital. Na ocasião, o prefeito da cidade também anunciou que o acidente teria sido causado por um problema elétrico no sistema de ar condicionado da área da maternidade, onde havia seis bebês.