2021 terá 3 superluas, 4 eclipses e chuvas de meteoros: confira as datas

O calendário astronômico de 2021 começou bastante agitado com diversos fenômenos e te contamos todas as datas para você acompanhar cada um deles

Resumo da Notícia

  • Ao todo, serão 3 superluas, 4 eclipses e diversas chuvas de meteoros
  • Veja o calendário completo

2021 já chegou com uma chuva de estrelas, mas a astronomia garante que ainda vem muito mais pela frente. Com um calendário intenso, serão 3 superluas e 4 eclipses ao longo do ano, além de outras chuvas de meteoros previstas.

-Publicidade-
2021 vai começou com uma chuva de estrelas cadentes (Foto: Reprodução/ Pixabay)

Para quem ama observar o céu, terá também a conjunção de planetas, que prometem trazer espetáculos brilhantes e de impressionar. Confira as datas abaixo e já anota na agenda para não perder nada!

Eclipses

Dos quatro eclipses de 2021, apenas dois poderão ser vistos de forma parcial na América Latina. Dente eles, o eclipse lunar total, que acontece em 26 de maio, e o eclipse lunar parcial, no dia 19 de novembro.

-Publicidade-

Um eclipse solar é quando a Lua se coloca entre o Sol e a Terra, formando uma sombra que incide sobre uma região do planeta. Já o eclipse lunar, acontece quando a Lua é coberta parcialmente ou totalmente pela sombra da Terra, podendo ser visto a olho nu.

  • 26/05 – Eclipse lunar total
  • 10/06 – Eclipse anular do Sol
  • 19/11 – Eclipse lunar parcial
  • 04/12 – Eclipse solar total

Superluas

Quando a Lua está cheia e se encontra ao mesmo tempo no ângulo mais próximo da Terra, conhecido como perigeu, o fenômeno acontece.

  • 27/04 – Superlua “Rosa”
  • 26/05 – Superlua “Flores”
  • 24/06 – Superlua “Morango”
2021 terá diversos fenômenos astronômicos (Foto: reprodução / Unslapsh)

Chuvas de meteoros

Quando a órbita a Terra, em torno do Sol, atravessa uma região que um cometa já passou, o fenômeno ocorre. Os corpos celestes acabam deixando um rastro de detritos para trás como, por exemplo, pedras, poeira, gelo, ou outras partículas. Quando isso entra na atmosfera da Terra, podemos chamar o processo de estrelas cadentes.

  • 22-23/04 – Líridas
  • 6-7/05 – Eta Aquarídeos
  • 28-29/07 – Aquarídeos delta
  • 12-13/08 – Perseidas
  • 07/10 – Draconídeos
  • 21-22/10 – Orionidas
  • 4-5/11 – Taurídeos do Sul
  • 17-18/11 – Leônidas
  • 13-14/12 – Geminidas
  • 21-22/12 – Ursidas