Família

30 maneiras de ficar mais tempo com seu filho

Mães e pais de verdade contam seus truques para fazer o dia ter mais do que 24 h

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

30-maneiras-de-ficar-mais-tempo-com-seu-filho

Por Larissa Purvini, mãe de Carol, Duda e Babi; com reportagem de Karina Trevizan, filha de Sílvia e Júnior, Mariana Setubal, filha de Cidinha e Paulo, e Sofia  Benini, filha de Maria Paula e Nery

1)  Trabalho à tarde:
Parei de fazer atendimentos de manhã para ficar mais tempo com minha filha, que estuda à tarde. Ficou um buraco no orçamento, estou me adaptando. Quando estamos juntas, assistimos a filmes, brincamos no computador, vamos ao shopping ou ao cinema.”
    Andréa Francisca dos Santos, esteticista, mãe de Sthefanny

2) Uso a tecnologia:
Acordo cedo para trabalhar, preparo o café da manhã de Cauã e já o acordo. Vamos conversando até a casa da minha mãe, onde ele fica a maior parte do tempo, enquanto eu trabalho. Durante o dia, nos falamos pelo telefone e conversamos pela webcam, no MSN – ele adora computador!”,
    Wendy Veríssimo, assessora de imprensa, mãe de Cauã Vinícius.
3) Conto histórias: 
    “Desde quando ela ainda estava na barriga da mãe, comecei a conversar com ela: queria que a Sofia conhecesse não só a minha voz de pai, mas o ritmo das palavras. Depois que ela nasceu, não parei. Primeira uma história com livro, de luz acesa. Depois, com a luz apagada. Sofia vai mergulhando, afundando, afogando em letras…”
Leo Cunha, pai de Sofia, escritor, tradutor e professor 
4) Dividi minhas férias:
Antes, eu tirava 30 dias de férias no fim do ano. Agora, dividi em dois períodos de 15 dias. Como sou de Salvador e a minha família continua lá, em agosto ou setembro vou sozinha com o Gabriel pra Bahia. Esse momento é nosso! Acho essencial esse momento meu e dele…”
    Nanna Pretto, mãe de Gabriel, jornalista e sócia-diretora da GaPconteúdo
5) Tenho um ritual:
     “Em cada fase do Luca e do Tiago, fui criando certos momentos que seriam nossos: ir uma vez por semana à aula de natação, buscar ou levar na escola… Para quem tem filho pequeno, eu recomendo, mesmo que seja rapidinho, um banho antes de ir para o trabalho. É um momento só seu e dele.”
Patricia Broggi, mãe de Luca e Tiago
6) Libero minha cama:
    “O André pega no sono na minha cama (ok, me crucifiquem, especialistas!). Mas, garantimos mais um tempo juntos. É assim: banho, escovar os dentes, deitar, ler um livrinho, dormir. Depois de meia hora, o levamos para a cama dele.”
Ivonete Lucirio, mãe de André, 5 anos, é coordenadora de produção em uma editora de livros
7) Chego cedo: 
    “Combinei no meu trabalho de chegar mais cedo, sair na hora do almoço e voltar para casa lá pelas 19h. Assim, consigo almoçar com eles e colocá-los para dormir à noite.”
     Michaela von Schmaedel, jornalista, mãe de Manu, Lola e Jorge
8) Sempre dou banho
   “A gente não tem muito tempo juntos, porque João Carlos chega cansado da escolinha. Mas faço questão de dar banho nele. Mesmo que já tenha tomado dois ou três banhos na escolinha, não abro mão. Meu marido e eu voltamos a ser crianças quando estamos junto dele.
    Eveline de Oliveira Silva, atendente de RH, mãe de João Carlos
9) Acordo o bebê de noite  
   “Saio de casa às 6h e volto às 20h. Meu esposo trabalha o dia todo e faz faculdade, chega em casa às 23h. O Pedro acorda