5 atividades de jardinagem para fazer com seus filhos durante o isolamento social

Nada de tédio! A plantação poderá ajudar sua família criar memórias, passar o tempo e ainda aprender a cultivar o meio ambiente e diversificar a alimentação

Resumo da Notícia

  • Manter as crianças ocupadas durante o isolamento social pode ser muito difícil
  • A jardinagem é uma ótima forma de entreter, criar memórias e ainda contribuir com o meio ambiente
  • Veja 5 dicas de onde começar
5 atividades de jardinagem para fazer com os filhos (Foto: reprodução Pinteres)

Sem criatividade para manter seu filho ocupado durante o isolamento social? Que tal arregaçar as mangas e ensiná-lo jardinagem? Além de criar lembranças incríveis, a prática fará com que a criança aprenda, desde cedo, a cultivar a flora e a cuidar das plantas. O ideal para começar é procurar flores ou frutas que cresçam rapidamente, diminuindo a ansiedade do seu filho e fazendo com que ele se encante com o que seus dedos foram capazes de produzir.

Para te dar um norte para começar, a UOL reuniu 5 atividades de jardinagem para você fazer em família, confira:

1 – Horta da despensa

As crianças vão amar consumir aquilo que elas mesmas plantaram. Além disso, irão aprender um pouco do processo que leva o alimento até a mesa – descobrindo, na prática, que eles não vêm do supermercado. Para começar, você pode plantar alguns dentes de alho, batata doce, temperos ou, até mesmo, abacaxi. Caso opte pelo último será preciso ensinar seu filho a ser paciente, uma vez que a semente demora cerca de um ano para começar a dar frutos.

2 – Micro verdes

Famosa nos Estados Unidos, esse tipo de cultivo vem se tornando cada vez mais popular no Brasil, por ser muito rápido e gerar alimentos bastante nutritivos. O método consiste basicamente em colher os brotos de verduras, raízes e outras plantas de horta quando mal alcançaram as folhas verdadeiras, geralmente entre 5 e 10 dias. Semeadas aos montes em uma bandeja rasa, com substrato úmido, as plantas mal viram mudas: assim tão jovens, são chamadas de “plântulas”.

Os micros verdes possuem uma taxa maior de nutrientes que a verdura adulta, são crocantes e trazem texturas a saladas, sucos, refogados e outros preparos. Para fazer os micro verdes em sua casa, basta usar bandejas de isopor e semear o pacote inteiro de alface, almeirão, escarola, rúcula ou chicória.

3 – Colheita Precoce

A colheita precoce normalmente é feita na metade do ciclo do crescimento do alimento e é uma ótima forma de introduzir legumes e verduras que as crianças normalmente não gostam. Se a cenoura leva quatro meses pra atingir seu ponto de colheita, você vai semeá-la e colher com dois meses: as raízes são pequenas, as folhas, muito macias e ao ser colocada no prato, parece comida de boneca!

Além de verduras, couve, vagens e ervilhas-tortas, dá para antecipar a colheita de cenoura, nabo, beterraba e rabanete — não tente colher antes tomate, berinjela, abobrinha, quiabo, jiló e outros legumes, porque eles costumam estar amargos, adstringentes ou ainda menos palatáveis para as crianças.

5 atividades de jardinagem para fazer com os filhos (Foto: reprodução Pinteres)

4 – Berçário de suculentas

Basta uma bandeja de isopor com areia para multiplicar dezenas de suculentas. Remova as folhas e vá alinhando, uma a uma, superficialmente sobre a areia úmida, sem amontoá-las. É importante garantir que a areia não seque por muito tempo, deve sempre se manter suavemente molhada, nunca encharcada, para estimular o surgimento de raízes pelas pontas das folhas. Você pode passar as plantas para vasos individuais quando elas estiverem maiores. O resultado é um item de decoração maravilhoso que você ou seu filho pode usar!

 5 – Terrário

Para fazer seu próprio terrário, basta pegar um pote de palmito uma camada de terra no fundo, plantar marantas de porte pequeno, lírio-da-paz, fitônia e musgo, enfeitar com pedras pequenas e regar com o mínimo possível de água, sem molhar as folhas.

Feche a peça e mantenha o terrário rente ao vidro de uma janela que nunca receba sol. Ao longo dos anos, as plantas crescerão ali dentro sem precisar serem regadas nem adubadas, já que as folhas secas serão processadas pelos solo para se decomporem e nutrirem as plantas ali. É uma verdadeira aula de biologia, perfeita para fazer com adolescentes.