Família

5 coisas que seu filho NUNCA irá esquecer sobre você quando eles crescerem

Tem coisas que ficam grudadas na memória das crianças, mesmo que elas acumulem muitas outras enquanto crescem

Logo-Parents (1)
Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

(Foto: iStock)

(Foto: iStock)

Quando a família se reúne é quase impossível não relembrar de várias histórias da infância, cada um vai lembrando um acontecimento e a nostalgia e as risadas sempre se fazem presentes. E tem coisas que a gente não esquece mesmo como o dia em que a mãe perdeu o vô ou o nosso pai perdeu uma peça de teatro ou jogo de futebol ou o jeito como nossos pais se cumprimentavam quando chegavam em casa.

1. As experiências que você viveu com ele. Mais que coisas que você dá, são os momentos que permanecerão na memória do seu filho. Ou seja, não é do sorvete que você comprou que ele vai lembrar, e sim da conversa e das risadas que vocês deram enquanto estavam juntos.

2. A vez em que você largou o celular por ele. Não adianta falar que não é viciado, não: tá todo mundo na mesma página! Ou melhor, no mesmo app, o tempo todo conectados. E quando a gente consegue priorizar nossos filhos e não o celular, eles sentem. Sabem que está escutando e que se importa com o que ele está falando.

3. Seu apoio. Palavras positivas fazem TODA diferença! Um “estou orgulhosa de você”, “a família é muita melhor com você” ou um “você é um bom ouvinte”, são frases que parecem bobas, mas que são superimportantes para formar a personalidade do seu filho e algo que ele vai levar para a vida.

4. Como você lida com situações difíceis. Uma coisa é fato: seu filho presta atenção em TUDO o que você faz! E mais: ele se inspira em você. E vivemos em um mundo que faz com que as crianças se sintam vulneráveis e, infelizmente, eles vão ter que lidar em algum momento com doenças e perdas. É nesses momentos que ele vai lembrar do jeito como você lidou com a situação, como falou com ele sobre isso e como o fez se sentir.

5. As vezes que você não estava lá. Pode parecer uma coisa negativa, mas pode ser algo positivo também. Podem tanto se lembrar de quando você não estava e ele precisava quanto da vez em que ele foi dormir na casa de um amigo ou fez algo incrível na escola e mal podia esperar para chegar em casa e te contar.

Leia também:

5 feridas da infância que continuam a nos machucar na fase adulta

Por que não temos memória de quando éramos bebê? 

O celular está afetando a sua relação com os seus filhos?