5 dicas para melhorar a convivência da família nesse período em casa

A especialista Heloísa Capelas explica como algumas práticas básicas podem fazer a diferença no cotidiano com os filhos

Resumo da Notícia

  • A quarentena mudou a rotina de todos
  • Conciliar as tarefas do dia enquanto a família toda está em casa não é fácil
  • Heloísa Capelas, especialista, dá dicas de como melhorar a convivência de maneira saudável
Conciliar a rotina com a presença da família toda em casa é um novo desafio (Foto: iStock)

A quarentena transformou muitos aspectos de nossas vidas. Com todos os membros da família em casa durante o dia, o novo desafio é conseguir organizar o trabalho, tarefas domésticas, a atenção para os filhos e ainda um momento para si. Essa novidade não deve mudar em breve, então precisamos aprender a melhor maneira de lidar com ela. 

Pensando nisso, Heloísa Capelas, CEO do Centro Hoffman e especialista em autodesenvolvimento e inteligência emocional, separou algumas dicas para seu cotidiano ficar mais saudável ao lado de seus filhos. Aplicando as propostas simples na rotina, você vai conseguir conciliar as obrigações e ainda ter tempo para aproveitar com as crianças. 

A convivência precisa ser saudável para que a família toda fique bem (Foto: iStock)

Alternando a responsabilidade

A família precisa aprender a se revezar! Quando alguém estiver trabalhando, o outro fica com as crianças, depois trocam as tarefas. “Nessa hora é fundamental adequar os horários e as ações. Todos terão fazeres em conjunto, mas também individuais. É normal cada família ter seu próprio combinado, suas próprias dinâmicas, seus próprios horários”, afirma Heloísa. Cada caso tem diferentes necessidades, por isso, os pais podem encontrar qual a melhor opção dentro de casa

Combinados são importantes mas podem mudar

Assim como os adultos, as crianças também têm funções para cumprir. Elas precisam de momentos específicos para tarefas escolares, estudos, diversão e exercícios. O ideal é que os pais combinem quais atividades vão ser feitas juntos e quando. Porém, essas definições não precisam ser iguais todos os dias, para que a família não caia naquela rotina padrão.

Intervalos para interagir com a família durante o dia podem fazer toda a diferença (Foto: iStock)

Intervalos de alegria

Mesmo que já tenham separado um horário para se divertir com os filhos, a cada uma hora e meia durante o dia, todos podem fazer uma pausa nas atividades individuais e interagir por 15 minutos. Desse jeito, completam as obrigações mas também têm momentos agradáveis em família. 

Xô, estresse!

É inevitável se deparar com ocasiões estressantes na rotina. Se isso acontecer, vale tentar extravasar em conjunto. Junte a família, cantem e dancem uma música alegre para se animarem. Voltar para as atividades se torna mais fácil assim. 

Momento de calma

Respire fundo! Quando se sentir tenso, relaxe os ombros, inspire profundamente, segure por alguns segundos e solte o ar. Repita o mesmo por cinco vezes ou o quanto achar necessário. A ideia é que depois disso tenha uma sensação de calma. Heloísa lembra que a situação é mais comum do que percebemos. “É importante muitas vezes simplesmente respirar, relaxar e sorrir, sem se cobrar tanto. Tem muitas pessoas passando por isso, e estão todas buscando resposta”, disse.