Família

5 lives sobre maternidade e paternidade que bombaram no nosso Facebook

Toda semana a gente fala sobre um tema relevante para a sua família nos nossos lives do Facebook. Entrevistamos especialistas e contamos com a participação da nossa audiência. Se você perdeu algum, está na mão!

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

Na real

Na Semana Mundial do Aleitamento Materno, Miá Mello e Bianca Arcangeli mandaram a real sobre amamentar

(Foto: Acervo Pessoal)

Como você imaginava a amamentação? E como é de verdade?

Miá Mello: Eu imaginava que era uma coisa mais orgânica e simples, mas depois que fui mãe, percebi que é uma coisa que você tem que aprender.

E é tudo igual?

MM: Não! Para cada filho vem um desafio novo. Eu precisei baixar a guarda, entender que não se nasce sabendo amamentar, pedi ajuda.

Você se assustou em algum momento? 

Bianca Arcangeli: Logo depois do parto, me entregaram o bebê e falaram para amamentar. Eu pensei: “E agora?”. Meu leite não tinha descido.

E aí?

BA: Não sabia o que fazer porque nunca me falaram que o leite pode descer até três dias depois do nascimento do bebê e que ele não passa fome. Precisei de ajuda para entender que estava tudo bem.

Ser pai é

Os humoristas Robson Nunes e Rodrigo Capella vieram para mostrar que pai também coloca a mão na massa.

(Foto: Acervo Pessoal)

Quando caiu a ficha de que vocês seriam pais? 

Robson Nunes: Acho que a primeira vez que segurei a Morena no colo e ela começou a chorar. Mas eu me senti pai quando ela tinha dois meses.

Enquanto a mãe já está conectada com o bebê…

RN: Isso! Durante a gravidez a gente fica de coadjuvante até chegar o momento de pegar no colo e
realmente participar da criação.

E realmente muda?

Rodrigo Capella: As pessoas falam que você vira pai quando pega o bebê no colo, mas minha chave virou na primeira vez que eu vi o ultrassom.

Vocês tiveram espaço para participar como pai?
RN: No começo, eu tinha que discutir com a minha esposa para ela me deixar trocar a fralda da Morena até ela ceder. Poxa, sou pai, também quero e tenho que fazer de tudo para cuidar dessa criança. É meu papel.

Bora vacinar

Tiramos todas as dúvidas sobre sarampo em um bate-papo com o infectologista Francisco de Oliveira

(Foto: Acervo Pessoal)

O que causou esse surto de sarampo?

Por uma série de razões, a taxa de vacinação contra o sarampo caiu muito, não só no Brasil. Então
vários casos “importados” da doença encontraram pessoas aqui que não estavam protegidas.

E era uma doença praticamente erradicada! 

Sim! Em 2016 ela foi considerada sob controle em toda a região da América.

É um problema mundial?

Sim. O sarampo não foi erradicado em todo o mundo, inclusive em países desenvolvidos estão surgindo surtos por causa dos movimentos antivacina.

E a nova geração?

Temos agora uma grande quantidade de crianças e adolescentes que não estão protegidos contra o sarampo, que é uma doença fatal.

Aconteceu de repente?

Ao longo dos anos houve um acúmulo de casos esporádicos de pessoas infectadas, o que resultou no surto.

Autocuidado

Conversamos com a dermatologista Flavia Addor para dar dicas de como cuidar da pele na gestação e prevenir o surgimento de estrias.

(Foto: Acervo Pessoal)

O que muda primeiro na pele com a gravidez? 

Há um aumento no crescimento dos pelos, por isso o cabelo fica tão bonito, e na pigmentação da pele em determinadas áreas, como o mamilo e genitais também.

Tem como evitar que a linha negra apareça? 

Essa marca é totalmente reversível, então vai clarear com o tempo após o parto e depois sumir. Sem pânico! É como se ela fosse uma marca registrada de quem está grávida.

Como proteger o seio da hiperpigmentação?

A hidratação é uma maneira de melhorar a elasticidade da pele, então é bem-vinda. Ela pode e deve ser adotada desde o início da gravidez

 

E as estrias?

Mesma coisa: a hidratação melhora a elasticidade da pele e diminui a probabilidade delas aparecerem, mas fatores genéticos e de resistência da pele também fazem diferença.

 

Elas somem?

A estria é uma cicatriz da ruptura das fibras de colágeno, então ela não vai desaparecer sozinha.

 

Como evitar que elas apareçam na gravidez?

Na fase inicial das estrias, quando estão inflamadas e vermelhas, é mais fácil de cuidar porque elas respondem melhor aos tratamentos atópicos. Depois que elas ficam brancas, não é tão simples.

Como elas surgem?

As estrias aparecem toda vez que a pele sofre uma distensão de maneira muito rápida. É como se as fibras se arrebentassem – por isso elas também aparecem em pessoas que não estão grávidas, homens e pessoas que fazem muito exercício físico.

Hidratar o corpo é hábito?

Totalmente! A pessoa que já está habituada a usar o hidratante antes de ficar grávida vai ter mais facilidade de inserir esse hábito na rotina quando engravidar e precisar preparar a pele para evitar estrias e outros problemas.

Vai doer?

Cinthia Calsinski, enfermeira obstetra, e Amanda Pereira conversaram com a gente sobre amamentação sem dor.

(Foto: Acervo Pessoal)

Como foi sua primeira experiência amamentando? 

Amanda Pereira: Foi maravilhosa. Logo nos primeiros minutos, ele recebeu estímulos para pegar o peito e isso facilitou muito na hora!

Tem algum erro muito cometido no começo? 

Cinthia Calsinski: O mais comum é achar que precisa calejar. Muitas vezes a mulher está sentindo dor e acha que isso é normal, mas não é.

Amamentar não é sinônimo de sentir dor 

CC: Muito pelo contrário! Quando existe dor, significa que algo não está certo e precisa ser corrigido logo para não causar maiores problemas depois. É um alerta do corpo e é preciso prestar atenção nesses sinais.

Leia também:

Semana Mundial do Aleitamento Materno: o que ninguém nunca te contou sobre amamentação

Sarampo: tire todas as suas dúvidas

Xô, estrias