5 passos para proteger sua família de alergias na época mais fria do ano

O inverno está batendo na porta e manter a saúde da família em dia pode ajudar a colocar as doenças respiratórias para fora de casa

Resumo da Notícia

  • As alergias são mais comuns durante o inverno, por isso todo cuidado é válido
  • Alguns hábitos da rotina como evitar aglomerações e lavar as mãos pode ajudar a prevenir essas complicações
  • Confira algumas dicas para proteger toda a sua família

Nesta época do ano é comum a gente se aconchegar em espaços fechados por causa do frio, o que contribui para o aumento da circulação das doenças de inverno. Mas é possível manter elas fora de casa com pequenos cuidados que podem fazer a diferença na saúde da família.

-Publicidade-
As alergias são mais comuns durante o inverno, por isso é importante cuidar da saúde
As alergias são mais comuns durante o inverno, por isso é importante cuidar da saúde (Foto: Unsplash)

Com essas dicas simples de serem colocadas em prática, você vai aumentar a proteção da sua família e não deixar de se divertir com seus filhos durante as férias – mesmo no inverno.

1. Evitar grandes aglomerações

Quanto mais pessoas juntas em um local fechado, maior as chances de circulação de vírus e bactérias pelo ar. Prefira sair com as crianças para locais abertos e arejados, sem uma grande aglomeração de pessoas.

2. Lave os casacos, roupas de lã e tricô antes de vestir

É comum essas roupas ficarem guardadas no armário por muito tempo até você precisar delas novamente. O problema é que, por estarem sem uso, elas acumulam ácaros e bactérias – os famosos agentes transmissores das doenças respiratórias.

3. Lavar as mãos com frequência

Está aí um bom ensinamento que a pandemia do coronavírus deixou para a gente, o hábito de lavar as mãos também é uma forma de proteger a família dos vírus e bactérias que estão circulando durante o inverno.

4. Continuar investindo na alimentação saudável

Como as crianças vão estar de férias, é normal querer “enfiar o pé na jaca” de vez em quando com lanches, salgadinhos, sorvetes, tudo que elas gostam, mas não têm nada de saudável. Tudo bem oferecer algo diferente vez ou outra, mas a rotina de alimentos saudáveis faz a diferença na imunidade se for mantida.

5. Evite sapato da rua dentro de casa

Você pode ter um sapato ou chinelo para usar em casa e criar o hábito de sempre trocar quando todos chegarem em casa. Um levantamento feito pela Universidade do Arizona em 2017 detectou 421 mil tipos de bactérias diferentes na sola do sapato. Imagina! 96% das peças analisadas continham coliformes, microrganismos presentes nas fezes.

Evite alergias de inverno com alguns cuidados básicos para toda a família
Evite alergias de inverno com alguns cuidados básicos para toda a família (Foto: Getty Images)

Mas se a alergia bater na porta, não tem problema!

Durante o inverno, as crianças estão de férias e não tem coisa pior do que não poder participar das atividades em família por conta das alergias. Pensando nisso, Histamin traz opções para aliviar os sintomas de diferentes tipos de alergias como rinite alérgica, picada de inseto, conjuntivite alérgica entre outras, assim, para você aproveitar o tempo com seus filhos e criar memórias com quem mais ama neste mundo. Veja abaixo para quais tipos de alergias Histamin – Dexclorfeniramina (creme, comprimidos e xarope) é recomendado:

Alergia: espirros, olhos lacrimejantes, tosse e nariz entupido são alguns dos sintomas de uma reação alérgica. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), cerca de 30% da população brasileira sofre de algum tipo de alergia, sendo as mais comuns as alergias respiratórias.

Rinite alérgica: nariz entupido, coriza, espirros frequentes e coceira no nariz são indícios de rinite alérgica. De acordo com a Sociedade Brasileira de Alergia, a principal diferença entre as rinites alérgicas e não alérgicas é que não há coceira quando a origem não é alergia.

Urticária: segundo uma pesquisa feita pela Ipsos, a urticária crônica espontânea (UCE) atinge 1 milhão de brasileiros e é mais comum em mulheres do que homens. Os sintomas mais comuns da urticária são coceira muito intensa e sensação de queimação na pele, também há o aparecimento de urticas – pequenas elevações rosadas com o centro mais claro.

Picada de inseto: as picadas de inseto não costumam dar problema, mas quando saber se é preciso levar a criança ao médico? Caso a região infeccione ou o inchaço não diminua e continue crescendo, o melhor é levar seu filho ao médico.

Conjuntivite alérgica: vermelhidão nos olhos, inchaço das pálpebras e lacrimejamento são os principais sintomas da conjuntivite alérgica. É comum também sentir coceira e até ter alguns espirros e coriza. É importante destacar que a conjuntivite alérgica não é contagiosa, então, após utilizar Histamin para aliviar os sintomas seu filho pode continuar curtindo as férias. Caso os sintomas persistam ou piorem, converse com um pediatra.

Dermatite Atópica: os sintomas mais comuns são coceira intensa, descamação da pele, devido ao ressecamento, pequenas bolinhas na pele e formação de feridas. Embora três a cada dez brasileiros pense que a dermatite atópica é contagiosa, de acordo com uma pesquisa da Sociedade Brasileira de Alergia, na verdade ela não é.

Coceira: Histamin também ajuda no alívio de coceiras em geral, porém se os sintomas persistirem ou se tornarem mais graves – e isso serve para todas as doenças citadas anteriormente – procure um médico ou converse com o pediatra do seu filho.

Histamin. Maleato de dexclorfeniramina. Comprimido. MS 1.5584.0573. Xarope. MS 1.5584.0373. Indicações: tratamento de alergias, prurido, rinite alérgica, urticária, picada de inseto, conjuntivite alérgica, dermatite atópica e eczemas alérgicos. Creme. Indicações: para o alívio do prurido, alergias, coceiras, urticária e picada de inseto. MS 1.5584.0373. SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO – JUNHO/2022