7 histórias de criança que vão animar o seu dia

É cada uma que a gente não aguenta. Aquelas tiradas que eles têm, que não resistimos e vale anotar, sabe? Mande a do seu filho também

Resumo da Notícia

  • As crianças sempre aparecem com uma pérola engraçada
  • A espontaneidade das crianças é demais
  • Você pode mandar a sua pra gente também!
As crianças sempre contam histórias engraçadas (Foto: Getty Images)

Como se chama?

O pai de Francesca perguntou à filha: “Como chama o papai?” A menina respondeu: “Fabio”. O pai continuou: “E como chama a mamãe?” E a menina respondeu berrando: “Mamãããããeee!”

-Publicidade-

Francesca, 2 anos, filha de Lisandra e Fabio

Carinho de mosquito

Davi perguntou à mãe por que ela não colocava repelente na tomada do quarto dela. Ela explicou: “Não precisa. O mosquito gosta é de crianças”. Então o menino questionou: “Se o mosquito gosta de criança, então por que não beija e abraça?”

-Publicidade-

Davi, 6 anos, filho de Elaine

A chupeta

Anthonio pediu à avó: “Dá minha chupeta?”, que lhe respondeu: “Mas você nem almoçou e já quer chupeta?” Então, o menino respondeu: “Não tem problema, vovó. A chupeta é pra chupar, não pra comer!”

Anthonio, 2 anos, filho de Daniela

Celular adivinha

O celular tocou e Paola foi avisar a mãe, que explicou: “É o despertador, filha”. Disse que era para lembrar da hora de dar remédio à outra filha. Perplexa, Paola saiu com esta: “Nossa, como o celular sabe que você ainda não deu o remédio?”

Paola, 6 anos, filha de Paloma

De onde vem

A mãe de Juju estava lendo um livro sobre animais da fazenda e perguntou para a menina: “Sabe de onde vem o leite?” Sem hesitar, a filha respondeu: “Do supermercado!”
Juju, 3 anos, filha de Irma

No meu nariz

Ao passarem de carro por um vendedor de churrasquinho, Camila perguntou ao pai: “Pai, está sentindo o cheiro de churrasco?” O pai respondeu que não, e a menina, então, disse: “Então cheira meu nariz que você vai sentir!”
Camila, 3 anos, filha de Tânia

Sempre a verdade

O pai de Pedro é muito parecido com o tio. Um dia, ele perguntou para a mãe: “Por que eles têm a mesma cara?”. Ela respondeu que irmãos são parecidos e questionou quem dos dois era o mais bonito. O filho olhou nos olhos da mãe e disse: “Eu, eu sou o mais bonito”.
Pedro, 4 anos, filho de Tamar

-Publicidade-