75% dos alunos estão ansiosos, tristes ou irritados por causa do isolamento, diz pesquisa

Feita pela Datafolha, em parceria com a Fundação Lemann, Itaú Social e a Imaginable, os dados foram analisados a partir das entrevistas com os responsáveis dos alunos de escolas públicas de São Paulo

Resumo da Notícia

  • A pesquisa foi feita pela Datafolha, em parceria com a Fundação Lemann, Itaú Social e a Imaginable
  • Os dados são considerados alarmantes pelo secretário da educação de São Paulo
  • As informações foram coletadas em entrevistas com os responsáveis de alunos de 6 a 18 anos
  • 424 pessoas foram ouvidas

Segundo uma pesquisa realizada pela Datafolha, em parceria com a Fundação Lemann, Itaú Social e a Imaginable Futures, cerca de 75% dos estudantes de escolas estaduais de São Paulo estão tristes, ansiosos ou irritados durante o confinamento com casa. Para o estudo, 424 responsáveis de alunos entre 6 e 18 anos foram ouvidos em junho deste ano.

-Publicidade-
O secretário da educação de São Paulo considerou os números alarmantes (Foto: Getty Images)

A partir das entrevistas, foram coletados os dados de 528 estudantes, sendo 354 da escolas públicas estaduais de São Paulo. Com os resultados, foi possível analisar que apenas na rede pública, 68% dos alunos estão ansiosos, 44% irritados e 28% tristes em função do confinamento.

Os índices estão próximos aos analisados em todo o Brasil, Sudeste e no Estado de São Paulo. Os responsáveis chegaram a dizer ainda que 23% dos estudantes estão com medo de volta à escola. De acordo com Rossieli Soares, secretário da educação do Estado de São Paulo, os números são preocupantes.

-Publicidade-

“A convivência escolar é importantíssima para a formação das nossas crianças e jovens. Além disso, a relação respeitosa e de confiança entre o estudante e o professor é um apoio emocional que certamente faz a diferença para os nossos alunos”, concluiu em nota.

O 9º Seminário Internacional Pais&Filhos – A Tal da Felicidade está aí! Ele vai acontecer no dia 19 de agosto, completamente online e grátis. Serão oito horas de transmissão ao vivo e você pode acompanhar tudo neste link aqui. Esperamos por você!

-Publicidade-