Família

8 dicas para fazer a guarda compartilhada funcionar depois do divórcio

Não precisa ser difícil

Gabrielle Molento

Gabrielle Molento ,Filha de Claudia e Pedro

Dicas para tornar a guarda compartilhada mais fácil (Foto: iStock)

Dicas para tornar a guarda compartilhada mais fácil (Foto: iStock)

A guarda compartilhada com seu ex pode ser a parte mais difícil do divórcio. É importante saber construir uma forte parceria, para isso, temos algumas dicas que podem te ajudar a tornar essa cooperação na criação dos filhos mais fácil.

1. Torne esse momento mais fácil para ele

Se seu filho chorar porque ele não quer ir à casa do pai ou da mãe, entenda suas emoções. Ajude-o a mudar a maneira que ele está pensando ao dizer algo como: “Você é sortudo por ter um ótimo pai e eu aposto que vocês vão se divertir muito”. Uma pergunta boa para fazer a ele é: “Tem algo que eu possa fazer para tornar isso mais fácil?”. Às vezes a fonte de sua agonia é não ter os livros que gosta ou algum brinquedo na casa do outro responsável, algo que pode ser facilmente resolvido.

2. Qualidade ao invés de quantidade

Você tem muito controle sobre o relacionamento que você tem com seus filhos. Na verdade, não é preciso pensar dividir perfeitamente o dia entre ambos os pais. O melhor é achar um cronograma que faça sentido para ambos os lados e que vai permitir que você mantenha um vínculo próximo com seu filho, não importa o que aconteça. Por exemplo, se seu filho dorme mais na casa do seu ex, procure manter-se conectado levando-o para a escola. Outra opção boa é fazer um jantar com os dois pais e o filho uma vez por semana.

3. Revise sempre suas logísticas

Por mais importante que pareça ter um cronograma estável, esteja pronto para renegociar os detalhes com seu ex periodicamente. A cada semestre é um bom período. Outra dica legal é dar um calendário ao seu filho com etiquetas escritas papai e mamãe, ou então com adesivos específicos para cada um, por exemplo, golfinho para mamãe e tubarão para o papai.

4. Sinta a solidão

Passar um tempo longe de seus filhos por ser doloroso. O conselho da Christine Carter, socióloga e autora do livro “Aumentando sua felicidade: 10 simples passos para crianças mais alegres e pai mais felizes” o preciso é sentir a dor dessa ‘perda’. Então, preencha suas horas com atividades que vão te tornar o melhor pai que você pode ser quando você está com seus filhos: Veja seus amigos, se exercite, descanse e ache hobbies que vão te trazer satisfação. “É sempre difícil no começo, mas ter tempo para você mesmo é algo muito positivo”, diz Christine.

Quando seus filhos estiverem com seu ex, não apareça no momento deles porque você está com saudade. Ao invés disso, encontre maneiras de vê-los sem interferir, como por exemplo, ao invés de contratar uma babá para fazer isso, pegue seu filho na escola para seu ex e leve-o até a casa dele. Além de estar fazendo um favor, você estará conseguindo mais tempo para passar com seus filhos.

 5. Trabalhe para se dar bem com seu ex

Se você não se dá bem com seu ex, reformule a situação pensando nele como um colega que você não gosta. Vocês podem nunca ser amigos, mas terão que aprender a resolver os problemas juntos. Se encontrem pessoalmente quando tomarem grandes decisões, se possível, e mantenham a figura de seu filho em sua mente para focar no propósito que vocês dividem.

6. Controle seu temperamento

Não comece a mandar mensagens ou e-mails quando seu ex fizer algo que te chateie. Faça uma lista das coisas que te incomodam e apenas fale as coisas que ainda tiverem relevância no momento em que você encontrá-lo. Muitas vezes as coisas passam depois de um momento de raiva. Outra dica importante é não brigar em frente das crianças. Além disso, insultar e criticar o seu ex não vai fazê-lo mudar de qualquer forma e mal comportamento pode levar à mal entendimento.

7. Faça amizade o novo relacionamento de seu ex

Alguém que não foi de sua escolha vai passar tempo criando seu filho – esse pensamento pode ser o terror de muitos pais. O desconhecido assusta mesmo, por isso, peça para conhecer a namorada ou esposa. Mostre vulnerabilidade contando suas preocupações e pergunte sobre suas expectativas a respeito de seus filhos. Ser aberto e transparente pode estreitar os laços desse novo relacionamento e tornar mais fácil para seus filhos se aproximarem dela também. Isso vai tornar seus filhos mais felizes a longo prazo.

8. Mantenha-se esperançoso

Depois que você passou pelas dificuldades da separação, seu relacionamento com seu ex pode melhorar. Alguns dos traços dele agora podem beneficiar seus filhos, sem serem impostos em você. Ver um conselheiro juntos também pode ser uma opção para quando vocês não conseguem resolver um problema de paternidade e maternidade sozinhos.
Leia mais: