Açúcar antes dos dois anos: veja os alimentos que não são indicados e o motivo

A gente já sabe que esse ingrediente pode fazer mal, ainda mais quando falamos de crianças pequenas. Existem algumas comidas que estão fora de cogitação quando o assunto é alimentação

Resumo da Notícia

  • Não é indicado dar açúcar para crianças com menos de dois anos
  • Isso pode prejudicar o desenvolvimento alimentar do seu filho
  • Veja quais alimentos que devem ficar de fora do prato

Não é de hoje que a gente sabe que é bom evitar dar doces e refrigerantes para crianças menores de 2 anos de idade. Agora, segundo a nova atualização da Dietary Guidelines for Americans (Diretrizes Dietéticas para Americanos, em tradução livre) só reforça quão nocivos esses alimentos podem ser quando ingeridos por crianças pequenas. 

-Publicidade-

De acordo com a diretriz, incluir açúcar na alimentação do seu filho antes dele completar dois anos pode fazer com que ele, mais tarde, passe a preferir por sabores excessivamente doces ao invés de seguir uma dieta saudável. 

O período de tempo entre o nascimento de um bebê e o segundo aniversário é extremamente importante para o desenvolvimento e crescimento dele. E, já que crianças pequenas precisam de muitos nutrientes e comem uma quantidade relativamente pequena de comida, cada garfada conta. Teoricamente, quando você se mantém focada em dar ao seu filho apenas o essencial, não sobra muito espaço para outros alimentos que não somam tanto assim: doces e refrigerantes. 

-Publicidade-
(Foto: Freepik)

Alimentos ricos em açúcar também podem influenciar quais são as comidas e sabores que seu filho vai preferir e tornar os alimentos menos doces mais difíceis de conquistar a atenção dele. “Os bebês já costumam preferir coisas adocicadas quando eles nascem. Oferecer coisas açucaradas para eles em um momento em que estão provando outros sabores e texturas pode dificultar que eles gostem de vegetais”, explica Jill Castle, nutricionista pediátrica, conselheira da revista norte-americana Parents e autora do livro “The Smart Mom’s Guide to Starting Solids” (ou “O guia para mães inteligentes para introduzir alimentos sólidos”, em tradução livre). 

Além disso, a ciência também mostra que alimentos com açúcar introduzidos antes da hora podem influenciar as preferências das crianças depois de alguns anos. Veja alguns alimentos que devem ser evitados, de acordo com as diretrizes recém-atualizadas:

– Alimentos com açúcar, refrigerantes e bebidas eletrolíticas (esportivas)

– Sucos de fruta durante o primeiro ano de vida. No segundo ano, ainda dê preferência para frutas em vez de sucos, mas se der para seu filho, não ofereça mais do que 120ml por dia

Leites e bebidas para bebês que contêm açúcar

– Adoçantes com e sem calorias

Equilíbrio é tudo

Então isso significa que você não poderá fazer um smash cake para o aniversário do seu filho ou deixar ele provar uma vez um sorvete? Não! O caminho do meio é sempre o melhor caminho e você não precisa se estressar e ser super-restritiva. Apenas fique atenta se seu filho tem menos de dois anos e consome com muita frequência alimentos açucarados. “Para crianças menores, a meta é estabelecer uma alimentação saudável, com os nutrientes que elas precisam para se desenvolver, com uma grande variedade.