Adolescente mata o pai para salvar a mãe em São Paulo

O caso aconteceu em um condomínio de luxo em Valinhos. A mulher estava sendo agredida pelo marido, quando o filho fez a intervenção

Resumo da Notícia

  • Um adolescente de 14 anos matou o pai para salvar a mãe em um condomínio de luxo em Valinhos, São Paulo
  • A mulher estava sendo agredida pelo marido quando o filho fez a intervenção
  • O menino deu um tiro no pai e está sendo ouvido pela Polícia Civil
  • A família relatou que episódios de violência doméstica era comuns na casa

Um adolescente de 14 anos matou o pai para salvar a mãe em um condomínio de luxo em Valinhos, São Paulo. A mulher estava sendo agredida pelo marido quando o filho fez a intervenção. Em depoimento à Polícia Civil, a família contou que episódios de violência doméstica eram frequentes na casa. O agressor morreu na hora.

-Publicidade-

O jovem contou que utilizou uma arma que era do próprio pai para defender a mãe. O filho atirou no pai com uma das 8 armas que o empresário mantinha dentro de casa: até fuzis e metralhadoras faziam parte do arsenal.

A casa da família fica em Valinhos, São Paulo (Foto: Reprodução/ EPTV)

A família chegou a chamar uma ambulância para socorrer o pai, mas ele já estava morto quando os médicos chegaram. Além do menino de 14 anos, a vítima de agressão também é mãe de um menino de 3. Mãe e filho estão sendo ouvidos pela Polícia Civil.

O Disque 180, central de atendimento do governo federal para casos de violência doméstica teve aumento de quase 10% no número de ligações e de 18% nas denúncias de agressão nas duas primeiras semanas de isolamento. Se você está passando por essa situação ou presenciou uma violência contra a mulher, não hesite em ligar para o número 180. A chamada é gratuita, confidencial e funciona 24 horas todos os dias da semana, inclusive finais de semana e feriados.