Adriana Sant’Anna testa positivo para covid-19: “Nem passava pela cabeça porque tomei a vacina”

A ex-BBB Adriana Sant’Anna fez um desabafo nas redes sociais após ser diagnosticada com covid-19. A influenciadora digital mora nos Estados Unidos com o marido e os dois filhos

Resumo da Notícia

  • Adriana Sant'Anna testou positivo para covid-19
  • Ela já havia sido vacinada e mora atualmente nos Estados Unidos
  • Nas redes sociais, ela fez um desabafo sobre seu estado de saúde

Neste domingo, 1º de agosto, Adriana Sant’Anna usou as redes sociais para fazer um desabafo após ter sido diagnosticada com covid-19. A ex-BBB, mãe de Rodrigo e Linda, mora nos Estados Unidos e não usava mais máscaras de proteção por não ser obrigatório no país.

-Publicidade-

“Na quinta-feira à noite comecei a sentir muitos calafrios acompanhados de uma dor no corpo insuportável. Lembro que subi as escadas de casa emborcada e gemendo de tanta dor nas minhas costas, ossos e músculos”, contou nos stories do Instagram.

Adriana Sant’Anna testou positivo para covid-19 (Foto: reprodução / Instagram @santanaadriana)

Sobre os sintomas, ela disse que se pareciam bastante com uma gripe forte e não imaginou que estaria infectada pelo coronavírus. “Covid? Nem passava pela cabeça porque tomei a vacina, tive reações fortes pós-vacina e pensei que, se tivesse covid, não teria quase sintoma. Logo em seguida, já perdi o paladar, olfato e comecei a ter dores de cabeça que você acha que vai desmaiar e o corpo sem responder aos chamados, de tanta dor. Pois é, estou com Covid!”.

Adriana Sant’Anna contou sobre o diagnóstico nos stories do Instagram (Foto: Reprodução/Instagram @santanaadriana)

Aos fãs, Adriana Sant’Anna pediu que continuassem se vacinando, pois acredita que a vacina a salvou de algo pior. “Não tenho dúvidas. Não estou aqui para ser mãe e nem dizer o que vocês tem que fazer, mas preciso deixar registrado o meu conselho para que tomem a vacina e que continuem usando máscara. E aqui nos EUA estava livre, porque não exigiam mais… Como disse: ‘achei que já tinham diminuído os casos, achei que dificilmente pegaria e que se pegasse, quase não teria sintomas’. Ilusão! Se cuidem!”, concluiu.

Posso ter covid-19 mesmo tomando as duas doses da vacina?

Sim, pode. Segundo o Dr. Gerson Salvador, médico especialista em infectologia e saúde pública da Universidade de São Paulo (USP), pai de Laura, Lucas e Luís, as vacinas foram estudadas para avaliar a infecção sintomática e não para prevenir. Dessa forma, o paciente terá uma menor chance de adoecer ou ter a forma grave da doença. “Só que ninguém garante que você não vai contrair o vírus. Por isso, é muito importante manter o distanciamento físico, o uso das máscaras e a higiene das mãos”.

Além disso, a Dra. Melissa Palmieri, pediatra e especialista em vacinas, filha de Antônio Carlos e Maria, completa que a resposta de cada organismo pode acontecer de maneira individual, dependendo de paciente para paciente. “Após finalizar o esquema vacinal preconizado para cada vacina contra a covid-19, acredita-se que a proteção esperada aconteça de 7 a 14 dias após a segunda dose, entretanto entendemos que cada um responde de forma individual. Exemplo: idosos tradicionalmente respondem com menor quantidade de anticorpos que um adulto jovem”. Veja as principais dúvidas sobre a vacina contra a covid-19.