Afegã que deu à luz em avião de evacuação de refugiados escolhe nome do bebê em homenagem à aeronave

A mulher estava fugindo do país após a tomada do poder pelo Talibã

Resumo da Notícia

  • Uma mãe afegã deu à luz a uma menina no compartimento de carga do avião de evacuação
  • A bebê se chamará Reach , em homenagem à aeronave
  • O general se encantou com a escolha do nome da menina

Quando o avião de evacuação militar dos Estados Unidos para transporte de refugiados pousou na Base Aérea de Ramstein, Alemanha, ele contava com um passageiro a mais do que quando decolou. Uma mãe afegã deu à luz uma menina, no sábado, 21 de agosto, e escolheu o nome dela em homenagem à aeronave em que nasceu.

-Publicidade-
A mãe escolheu o nome da filha em homenagem à aeronave (Foto: Shutterstock)

A menina se chamará Reach! Assim como a indicação do jato- Reach 828. O Comando de Mobilidade Aérea dos Estados Unidos disse que a mulher entrou em trabalho de parto a bordo de uma aeronave de transporte C-17 durante a segunda etapa da viagem, fugindo do Afeganistão após a tomada do Talibã. O piloto precisou diminuir a altitude da aeronave para ajudar a estabilizar a pressão arterial da mãe por tempo suficiente para atrasar o parto até que pousassem.

Afegã dá à luz no compartimento de carga de avião dos EUA para transporte de refugiados (Foto: Getty Images)

Em terra firme, médicos e uma enfermeira de parto do Exército subiram a bordo e receberam Reach no compartimento de carga do avião, enquanto outros passageiros ajudavam a pegar lenços para proteger a privacidade. Segundo o general Tod Wolters, Reach é um dos três bebês nascidos desde a evacuação para a Europa. Mais duas crianças nasceram no Landstuhl Regional Medical Center após o desembarque.

Aos portal Military Times, o general falou: “E como você pode imaginar, sendo um piloto de caça da Força Aérea, é meu sonho ver aquela criança chamada Reach crescer e se tornar uma cidadã americana e voar em caças da Força Aérea dos Estados Unidos em nossa Força Aérea”.

O voo partiu de uma base de teste no Oriente Médio para a base aérea dos Estados Unidos na Alemanha. Desde sexta-feira, 7.000 evacuados afegãos foram processados ​​por meio de bases dos Estados Unidos na Europa. Espera-se que eles passem até duas semanas concluindo os requisitos de visto antes de seguirem para os Estados Unidos para reassentamento.