Família

Agora é lei! Governo de São Paulo proíbe canudos plásticos em estabelecimentos comerciais

O dinheiro recolhido das multas para aqueles que não cumprirem as leis será destinado para programas ambientais

Izabel Gimenez

Izabel Gimenez ,filha de Laura e Décio

Precisamos repensar a quantidade de lixo que produzimos (Foto: Getty Images)

Repensar o consumo de plástico é algo que está em alta ultimamente – o que é ótimo! O plástico leva centenas de anos para sumir da natureza e causa vários danos para o meio ambiente e os animais. A atitude de diminuir a quantidade de consumo desse material está tão na moda, que por aqui tem até projeto do Governo entrando nesse movimento.

No sábado, dia 13 de julho, o governador de São Paulo, João Doria, sancionou o Projeto de Lei que proíbe oficialmente o fornecimento de canudos confeccionados em material plástico no Estado de São Paulo, por exemplo, hotéis, bares, restaurantes, padarias, clubes, entre outros. A substituição poderá ser feita utilizando canudos biodegradáveis, papel reciclável, contribuindo bastante para a redução do material na natureza ou comestíveis.

A nova lei determina que se os comércios descumpram a nova regra paguem uma multa de 20 a 200 UFESP’s, (unidade fiscal utilizada como base para tributos estaduais, municipais e contratos fechados com empresas privadas), que gira em torno de 27 reais. A fiscalização vais er definida por meio de uma regulamentação e os valores arrecadados com as multas serão enviados a programas ambientais. Legal, né?

Canudos plásticos são proibidos em São Paulo (Foto: Getty Images)

O secretário de Infraestrutura e Meio Ambiente, Marcos Penido, afirmou que a novidade é uma evolução e uma mudança muito importante para o meio ambiente. “Eu fico muito feliz por este tema estar em debate na sociedade. Isto demonstra a conscientização da população e nos motiva a buscar alternativas para aprimorar os processos de reciclagem e destinação dos resíduos sólidos. O objetivo desta lei não é punir, mas sensibilizar as pessoas acerca da responsabilidade com o meio ambiente”, afirma.

Normalmente não paramos para pensar sobre as consequências desses pequenos lixos produzidos, mas se cada brasileiro usar um canudo de plástico por dia, em um ano seriam consumidos quase 75 bilhões de unidades. Além de ser péssimo para o meio ambiente toda essa quantidade excessiva, os canudos são uns dos principais causadores da morte de animais, já que eles ingerem sem saber que isso pode ser nocivo.

As grandes empresas também estão aderindo à diminuição do consumo desse produto. No Reino Unido e na Irlanda, a rede norte-americana de fast food Mc Donald’s baniu os canudos feitos de plástico e substituirá os produtos por outros feitos de papel. Aqui no Brasil muitos da rede só estão usando os últimos estoques e se preparando para a substituição total! Segundo informações da empresa, apenas no Reino Unido eram usados 1,8 milhão de canudos por dia! Já pensou? É muito canudo…. E olha que legal: a ideia de mudar veio dos próprios consumidores e o próximo passo é testar a medida nos Estados Unidos, Bélgica, França, Suíça, Noruega e Austrália também. Vai, mundo!

Leia também:

Chega de plástico: empresa cria sacola de mandioca que se dissolve em água morna

Boa notícia! Canudinho feito de gelatina pode substituir os comuns

Estamos caminhando! Senado aprova a proibição de plástico descartável no Brasil