Alce deixa janela de vidro de sala de aula quebrada ao invadir escola no Canadá

O animal entrou em pânico e acabou causando o acidente

Resumo da Notícia

  • O acidente aconteceu no Canadá
  • Segundo especialista, o alce se estressou por causa dos animais domésticos da cidade
  • As crianças que estavam dentro da sala de aula passam bem

Na manhã de quinta-feira, dia 04 de outubro, uma escola da cidade de Saskatoon, no Canadá, foi surpreendida quando um alce invadiu uma sala de aula ao quebrar a janela de vidro. Autoridades acreditam que o animal se estressou por causa dos animais domésticos da cidade e acabou causando o acidente.

-Publicidade-

Ashley Young, uma testemunha que estava presente na hora do ocorrido, alegou ao portal local Global News que levou um susto quando um dos filhos gritou alertando sobre a invasão do alce na sala de aula. A família estava dentro do carro que levaria as crianças para a escola.

“Eu, claro, fiquei tipo: ‘Não, não há um alce. Do que você está falando?’ E ele disse: ‘Não estou brincando desta vez.’ Dei marcha ré e quando olhei, vi o animal na janela parado lá”, contou Ashley em entrevista.

O acidente deixou cacos de vidro que ficaram espalhados pelo chão (Reprodução: Twitter @PATDUBOIS)

“Estacionei meu carro, dei a volta e fui atrás do bicho para gravar um vídeo e tirar algumas fotos. Queria obter alguma evidência de que, sim, há um alce vivo de verdade na escola”, completou o pai.

De acordo com Steve Dobko, um inspetor do serviço de conservação do Ministério do Meio Ambiente da região, o animal provavelmente escapou do habitat natural e foi para a cidade. Porém, por conta do estresse provocado por cachorros e outros animais domésticos, o alce correu em pânico até parar na escola e quebrou a janela de vidro.

“A escola respondeu muito bem. Colocou as crianças em algumas salas de aula no fundo da escola, de modo que não havia mais risco para elas”, respondeu Steve. Ainda segundo ele, ninguém foi levado ao hospital, mas alegou que talvez algumas crianças ficaram com alguns cortes e arranhões.