Almoço do Anjo no BBB: Arthur Aguiar não contém a emoção ao ver Maíra Cardi e filha

O artista se emocionou muito ao assistir o vídeo em que a esposa e Sophia diziam: “Eu te amo”. Além delas, a mãe e o irmão dele também falaram

Resumo da Notícia

  • Arthur Aguiar se emociona ao ver Maíra Cardi e filha no vídeo do almoço do Anjo
  • O artista não conteve às lágrimas e falou sobre a saudade das duas
  • Ele já havia dito sobre a emoção e ansiedade para ver a família

No início da tarde deste domingo, 20 de fevereiro, aconteceu o almoço do Anjo no BBB 22. Arthur Aguiar, que ganhou a prova no sábado, escolheu Tiago Abravanel, Lucas e PA para aproveitar da refeição.

-Publicidade-
Arthur Aguiar confirmado no BBB22
Arthur Aguiar ficou muito emocionado ao ver família em vídeo do almoço do Anjo (Foto: Reprodução / Instagram / @arthuraguiar)

No caminho, Arthur falou: “Parece que minha filha vai nascer”, ao responder sobre a emoção deste momento. Depois ele completou: “Preciso respirar”. Como é de costume, antes deles começarem a comer, foi passado o vídeo do Anjo, em que amigos e familiares do participante mandam recados para eles.

Ao ver a família, o artista se emocionou e não segurou as lágrimas. A primeira a aparecer foi a mãe dele, que ressaltou a sintonia e parceria entre os dois, depois veio irmão dele, destacando todo o apoio.

Veio então a esposa, Maíra Cardi, que falou sobre a vontade de Arthur em ser pai e declarou que ele é o pai que nunca teve. “Meu amor, to aqui pra te dizer que está tudo bem!”, ela seguiu com um vídeo de Sophia na cama, ambas dizendo: “Te amo, papai”, em que a filha completa falando que queria abraçar ele.

Após o fim do vídeo, ele chorou e foi amparado pelos amigos de confinamento. Arthur então comentou: “To com saudade delas. Filha, te amo. Meu amor, te amo muito. Que saudade que eu estava de ver elas”.

“Não vou conseguir comer, galera”, acrescentou o artista após sentar na mesa. Arthur já havia falado sobre a ansiedade em ver a família após ganhar a prova. Logo depois de vencer, ele brincou em uma conversa com outros confinados: “Não quero nem almoçar, quero ver minha filha”.