Alok se emociona ao falar sobre parto prematuro da filha: “Momentos difíceis”

O DJ usou o Instagram Stories para fazer um desabafo sincero sobre o parto de emergência de Raika. Além da menina, ele e Romana também são pais de Ravi, de 11 meses

Resumo da Notícia

  • Alok usou o Instagram Stories para fazer um desabafo sincero sobre o parto de emergência da filha, Raika
  • Além da menina, ele e Romana também são pais de Ravi, de 11 meses
  • A médica ainda está se recuperando da covid-19 e do parto prematuro

Nesta segunda-feira, 07 de dezembro, Alok usou o Instagram Stories para fazer um desabafo sincero sobre o parto de emergência da filha, Raika, que nasceu na quinta-feira (3). Romana ainda está se recuperando da covid-19 e do parto prematuro. Além da menina, ele e Romana também são pais de Ravi, de 11 meses

-Publicidade-
Além da menina, ela e o DJ também são pais de Ravi, de 11 meses (Foto: Reprodução / Instagram / @romananovais)

Nas imagens, o DJ chegou a se emocionar em frente à câmera falando sobre a situação em da família. “Desculpa a forma como eu reapareci aqui hoje, não era assim que eu gostaria… Foi tudo muito louco. Estava tudo bem. De repente, Romana começou a ter umas dores. Liguei para Erika (obstetra), e ela começou a ter um sangramento. Dez minutos depois a gente já estava no hospital, e 20 minutos depois a Raika já tinha nascido. Foi extremamente turbulento tudo o que aconteceu”, disse.

Alok ainda disse que é muito difícil falar sobre o assunto. “Estava gravando, mas acabei apagando porque é difícil demais pra mim falar sobre isso. Eu como pai e marido passei certamente por um dos momentos mais difíceis da minha vida. Mas graças a Deus a Romana tá bem, e a Raika também está em ótima recuperação”, se emociona.

-Publicidade-

O DJ ainda falou sobre a saudades dos filhos. “A parte mais difícil hoje é que eu não posso ficar com a Raika. Também não posso abraçar meu filho, Ravi. Mas eu não tenho motivos para reclamar de nada, só agradecer. É isso! Desculpa. Toda vez que eu toco nesse assunto é muito difícil. Quero que vocês saibam que qualquer lágrima que caia dos meus olhos hoje é um choro de gratidão por tudo ter dado certo”, disse.

Parto de risco

Romana fez um desabafo sobre o parto de emergência (Foto: Reprodução / Instagram @romananovais)

Mais cedo, Romana fez  um desabafo sobre o medo e os riscos que ela e a filha correram durante o parto. A médica explicou que passou por uma complicação rara chamada Coagulação Intravascular Disseminada (CIDV), muito perigosa. A situação é caracterizada por forte sangramento na placenta.

Na ocasião, ela contou que teve sangramentos e sentiu muitas dores. “A gente correu para o hospital sem pensar muito. Já passaram o acesso em mim na clínica mesmo e foram de carro. Só pensava que tinha que salvar minha filha, queria resolver tudo logo. Cheguei no hospital com muito medo. Ela nasceu muito rápido, eu não estava esperando. Nem esperava que eu fosse conseguir fazer um parto natural, estava com muita dor, mas ela precisava sair”, relatou.

A médica ainda contou que foi para a UTI logo após o parto, mas já está em casa cumprindo isolamento ao lado do marido, já Raika continua internada, apesar de estar bem. “Eu não posso visitá-la, mas vejo ela por Facetime. Isso pra mim é o mais difícil. Não vê-la, não poder tocar, amamentar. Mas diante de tudo que a gente viveu eu só tenho a agradecer a Deus por nunca abandonar minha família”, disse.

-Publicidade-