Alok se emociona com relato de mãe que perdeu filho fã do cantor: “Ele te admirava”

Poliana emocionou todos durante o programa do ‘Altas Horas’ no último sábado, onde contou que perdeu o filho há 1 ano, e o rapaz era muito fã do Alok, e em homenagem ao filho ela abraçou o cantor, que se emocionou também

Resumo da Notícia

  • Poliana emocionou todos durante o programa do ‘Altas Horas’ no último sábado
  • A mãe contou que perdeu o filho há 1 ano, e o rapaz era muito fã do Alok
  • Em homenagem ao filho ela abraçou o cantor, que se emocionou também

Uma mãe emocionou todos durante o programa do ‘Altas Horas’ no último sábado, onde contou que perdeu o filho de 19 anos há 1 ano, e o rapaz era muito fã do Alok, e em homenagem ao filho ela abraçou o cantor, que se emocionou também. Poliana contou que não sabia quem estaria presente no programa quando recebeu o convite, e que mais uma vez ela sentiu que era o filho estava presente na vida dela.

-Publicidade-

“Receba o abraço do meu filho. Ele te admirava e não teve tempo de poder curtir”, disse ela. Alok se encaminhou até a plateia e abraçou Poliana. Juliana Paes e Pedro Bial que também participaram do programa de Serginho Groisman enxugaram as lágrimas.

A mãe emocionou todos no programa do 'Altas Horas' ao relembrar do filho
A mãe emocionou todos no programa do ‘Altas Horas’ ao relembrar do filho (Foto: Reprodução/Gshow)

Alok desabafou e disse: “Fiz uma música ‘Ocean’, para uma mãe que perdeu uma filha. Eu tinha muito medo da morte e vi um poema do Osho (guru indiano) que me ajudou muito. Ele diz que o Rio, quando nasce, ele vai percorrendo todo aquele circuito dele de curvas até que ele chega muito próximo do oceano e morre de medo. Porque ele sabe que a partir daquele momento, quando ele encontrar o Oceano, ele vai desaparecer para sempre.”

“Mas a partir daquele momento que ele se conecta com o Oceano, ele não vai desaparecer e, sim, vai se tornar o Oceano. E todos nós somos rios a caminho do Oceano. Eu senti o abraço dele aqui agora, senti o seu abraço. Acho que nenhuma mãe e pai merecem passar por isso, mas tudo tem obviamente um propósito de Deus. Acredito nisso e a gente ainda vai se reencontrar com ele quando nos tornarmos oceano.”, concluiu o artista.