Alunos irão receber benefício para compra de uniforme e material escolar em São Paulo

O anúncio, dado nesta quarta-feira, 16 de dezembro, foi explicado pelo prefeito da cidade, Bruno Covas, durante uma entrevista

Resumo da Notícia

  • 650 mil alunos irão receber o benefício
  • A medida vale para a rede municipal de ensino
  • Entenda como vai funcionar

Na tarde desta quarta-feira, 16 de dezembro, a Prefeitura de São Paulo anunciou que serão distribuídos créditos para a compra de uniformes e material escolar para alunos da rede municipal. Ao todo, 650 mil alunos irão receber o benefício a partir de janeiro. Apesar do início do ano letivo estar programado para o dia 4 de fevereiro, não foi comentado sobre um retorno presencial das aulas.

-Publicidade-
O crédito será feito via aplicativo (Foto: Getty Images)

“Isso significa um investimento da prefeitura de São Paulo de 373 milhões de reais, importante nesse momento em que se fala do reaquecimento da economia e um gasto da prefeitura, que era feito de forma centralizada, muitas vezes adquirindo de empresas que ganhavam essas concorrências e que nem eram da cidade de São Paulo e que agora esse recurso vai ajudar no reaquecimento da economia, na ativação do comércio local perto da residências de onde moram todos os nossos alunos”, explicou o prefeito de São Paulo, Bruno Covas.

A partir do dia 18 de janeiro, o crédito será disponibilizado a partir de aplicativos. A prefeitura informou ainda que para mais informações sobre o uso, as famílias podem recorrer ao site da Secretaria de Educação ou nas próprias escolas. Serão R$ 387,10 para a compra de cinco camisetas, cinco pares de meias, uma jaqueta, uma calça, um blusão, uma bermuda e um par de tênis.

-Publicidade-
(Foto: Divulgação / Secretaria de Educação de São Paulo)

“Uma vantagem adicional desse modelo é que a gente sugere esse kit básico, mas as famílias vão poder adquirir as peças conforme a necessidade desses estudantes”, comentou o secretário municipal de Educação de São Paulo, Bruno Caetano.

Já para os materiais, podem variar entre R$ 33,40 (para alunos do berçário) e R$ 122,10 (para o Ensino Médio e Educação de Jovens e Adultos (EJA)). Para a consulta da lista de materiais, o site da secretaria também pode ser checado pela família.

-Publicidade-