Amamentação: a importância da rede de apoio e como se preparar para esse momento (tão!) especial

Apesar de não ser uma tarefa fácil, a amamentação traz diversos benefícios e fortalece os laços entre mãe e filho

Resumo da Notícia

  • A amamentação vai além de apenas oferecer o leite, é um gesto de muita dedicação, amor e carinho
  • A rede de apoio está presente para provar mais do que nunca o quão importante é pedir ajuda
  • Durante todo o processo, o pai pode (e deve!) fazer parte da amamentação. Ele tem um papel fundamental em toda essa fase.

Amamentar é oferecer amor, carinho e muita dedicação ao bebê. Esse vínculo começa desde o primeiro contato, que vai muito além de apenas oferecer o leite. Apesar de não ser uma tarefa fácil, o aleitamento materno traz diversos benefícios e fortalece os laços entre mãe e filho.

-Publicidade-

Com a chegada do bebê, pode surgir ainda o medo e a insegurança, além das dúvidas de como se preparar para a amamentação. Por isso, a rede de apoio está presente para provar mais do que nunca o quão importante é pedir ajuda. A gente sabe que esse caminho nem sempre é fácil, mas com alguns cuidados é possível se sentir mais confiante para esse momento tão especial.

Os cuidados com a amamentação começam ainda na gravidez!

Durante a gravidez, o corpo da mãe começa a se preparar para o momento mais especial: a chegada do bebê. Dentro todo esse processo, os seios também passam por mudanças, ficando mais sensíveis por causa dos hormônios. Dentre as alterações, é possível notar o crescimento da aréola e também o aparecimento de uma aréola secundária, como se fosse uma sombra ao redor da aréola principal.

Amamentar é um gesto único de carinho (Foto: Getty Images)

E quando finalmente chegar o momento da amamentação, pode ficar preocupada, afinal, seu organismo já cuidou de tudo! Portanto, não é necessário preparar os seios para oferecer o leite ao bebê. Na gravidez, as glândulas de montgomery passam a criar sua própria lubrificação, não sendo necessário esfregar ou tomar sol no local, por exemplo. Vale lembrar ainda que a higiene das mamas deve ser realizada no banho e apenas com água. Evite o uso de sabonetes, pois há um risco aumentado para fissuras.

Desafios da amamentação

Você já ouviu que o tipo de bico dos seios pode interferir na amamentação? Apesar de alguns formatos facilitarem ou dificultarem para o bebê, nenhum deles inviabiliza o aleitamento materno. Por isso, a principal dica é pedir ajuda a um profissional especializado, que irá participar de todo o processo.

Já no caso das fissuras e rachaduras, é muito importante entender o fator que desencadeou o problema. A boa notícia é que, na maioria dos casos, esse incômodo pode ser resolvido com a correção da pega. Para a recuperação, a laserterapia pode ser uma mão na roda, acelerando o processo de cicatrização. Mas, vale lembrar que qualquer procedimento deve ser feito sempre por um especialista!

Como o pai pode ajudar a mãe que está amamentando

Durante todo o processo, o pai pode (e deve!) fazer parte da amamentação. Ele tem um papel fundamental em apoiar e contribuir para que o aleitamento materno seja mais leve e fácil para as mães. Por isso, é muito importante oferecer informações de como eles podem ser a rede de apoio na prática.

Mesmo de maneira simples, cuidar da casa, preparar refeições ou até mesmo levar um copo d’água para a mãe que está amamentando faz toda a diferença. Nesse momento tão importante, a mãe precisa de apoio e reconhecimento. Logo, se a mulher estiver bem cuidada e se sentir bem, o bebê também fica mais confortável! Dentro desse contexto, os pais podem e devem se envolver e participar ativamente.

Uma mãozinha é sempre bem-vinda!

Como amamentar é um processo que exige muita dedicação, Motorola Nursery pensou em cada detalhe para oferecer mais conforto para a família. Com babás eletrônicas inovadoras, é possível checar o seu filho com apenas um clique! Seja com o monitor ou o smartphone, os modelos EASE44 Connect, EASE34 e MBP30A serão seus melhores amigos. Veja mais sobre cada um deles:

Babá eletrônica EASE34

Possui tela de 4,3 polegadas e zoom digital. A partir disso, você pode ver seu filho de perto e não perder nenhum momento especial! Para um ambiente mais agradável, o modelo pode checar também a temperatura do espaço, avisando quando estiver muito frio ou quente. Com a comunicação bidirecional, os pais podem ouvir e falar com o bebê, além de colocar canções de ninar.

Babá eletrônica EASE34 (Foto: Divulgação)

Babá eletrônica MBP30A

Com uma tela de 3 polegadas, o modelo é ideal para observar todo o quarto do bebê! Seu alcance de até 300 metros oferece muito mais autonomia para a família, além de garantir conforto e tranquilidade. Monitora a temperatura ambiente e proporciona uma boa noite de sono para o seu filho a partir das canções de ninar.

Babá eletrônica MBP30A (Foto: Divulgação)

Babá eletrônica EASE44 Connect

Com conectividade wi-fi e também via Google Assistant e Alexa, a família pode checar o bebê pelo smartphone ou tablet mesmo fora de casa e, claro, com uma visão bastante nítida! Possui zoom digital e também o recurso de conversa bidirecional, para falar e ouvir seu filho. O monitoramento de temperatura ambiente mostra aos pais se o local está muito frio ou quente, permitindo que os pais ofereçam sempre o melhor aos filhos. Neste modelo, é possível colocar canções de ninar, audiolivros, sons da natureza, ou ainda a própria voz para confortar o bebê.

Babá eletrônica EASE44 Connect (Foto: Divulgação)