Amamentação: entenda a importância do papel do pai e como ele pode ajudar neste momento

Esse processo é de muito aprendizado para a mãe e o bebê, mas o companheiro também tem uma importância muito grande para garantir o bem-estar de todos

Resumo da Notícia

  • A amamentação é um processo de aprendizado para mãe e para o filho
  • A contribuição do pai é muito importante nesse momento
  • Veja como o companheiro pode ajudar durante esse processo

A amamentação é uma das maiores expectativas da mulher enquanto gestante, mas o processo nem sempre é fácil após o nascimento de bebê. Amamentar é um grande aprendizado tanto para a mãe quanto para a criança e a participação do pai nesse processo é fundamental. “O fato de gestar e poder amamentar por meio de seu próprio corpo faz da mulher a protagonista nesta jornada com os filhos, mas estudos revelam que, a participação ativa e o apoio do pai é fundamental para o estabelecimento da amamentação, aumentando ainda a probabilidade de iniciar e prolongar este processo”, conta Eneida Souza, enfermeira pediatra e consultora em aleitamento materno parceira de Philips Avent.

-Publicidade-
Veja dicas de como o pai pode ajudar nesse processo (Foto: reprodução/ Getty Images)

De acordo com uma pesquisa global, realizada por Philips Avent em 2019,  81% dos pais gostariam de estar mais envolvidos no período de amamentação. No Brasil, esta realidade atinge um percentual menor (77,93%), embora 72,18% dos companheiros afirmarem estar envolvidos em confortar e cuidar do bebê. O estudo revela ainda que 88,69% das mães brasileiras acreditam que são necessárias mais informações sobre como os parceiros podem apoiá-las nesse período de amamentação para tornar essa fase mais fácil.

Pensando nisso, Eneida Souza, listou algumas dicas de como os pais podem auxiliar e se envolver de maneira prática no processo da amamentação. Confira:

-Publicidade-
  • Incentive a amamentação: diga sempre palavras de que incentivem a mãe, já que o processo da amamentar é um verdadeiro aprendizado.
  • Informe-se: você pode ajudar na amamentação. Informe-se sobre os sinais da pega correta e os cuidados no posicionamento para ajudar a mãe durante o período de estabelecimento da amamentação.
  • Dê apoio emocional: diga, com frequência, frases positivas e que demonstrem apoio emocional como “Vai dar certo!”, “Vamos conseguir!”, “Parabéns por sua dedicação!”.
  • Organize a casa: a mulher estará focada no bebê recém-nascido, mas muitas dela, se cobram para manter a casa organizada. Deixe-a dedicar tempo à criança e contribua com a arrumação da casa.
  • Cuide dos filhos mais velhos: aproveite para sair e passar tempo de qualidade com os filhos mais velhos deixando que a mãe permaneça em casa e possa amamentar e descansar com tranquilidade.
  • Cuide do bebê após as mamadas: amamentar exige esforço físico, portanto, aproveite o período pós mamadas e fique com o bebê para que a mãe consiga descansar, tomar um banho demorado ou até mesmo, fazer uma refeição tranquila.
  • Leve água: durante a amamentação é comum a mulher sentir muita sede. Deixe sempre um copo com água fresca ao lado da mãe durante as mamadas ou leve um copo de suco e até mesmo, algo que ela possa comer enquanto amamenta.
  • Se preocupe com ela: caso não tenha a oportunidade de estar em casa, ao lado dela, durante todo o dia, ligue ou mande mensagens com frequência perguntando como ela está. Demonstrar cuidado faz toda a diferença neste momento.
  • Priorize a mãe: após a chegada do bebê todo o foco se volta para a criança então, dedique seus esforços a cuidar da mulher. Compre flores, faça elogios a ela, de um cartão com uma linda mensagem ou faça algo que ela goste para agradá-la. Cuidando dela, o bebê com certeza estará bem cuidado.

-Publicidade-