Ana Paula Siebert desabafa sobre rotina na maternidade: “Não dá para fazer tudo”

A esposa de Roberto Justus contou aos seguidores como têm sido os dias depois da chegada de Vicky, de 1 ano

Resumo da Notícia

  • Ana Paula Siebert e Roberto Justus são pais de Vicky, de  ano
  • A modelo desabafou nas redes sociais sobre a rotina na maternidade
  • Ela refletiu sobre o papel da mãe e aconselhou os fãs

Na manhã do domingo, 01 de agosto, Ana Paula Siebert desabafou nas redes sociais sobre a maternidade real. A modelo é casada com o empresário Roberto Justus, com quem tem a filha Vicky, de 1 ano de idade.

-Publicidade-
Ana Paula Siebert e Roberto Justus são pais de Vicky (Foto: reprodução / Instagram @robertojustus)

Nos stories do Instagram, Ana começou contando aos seguidores que nessa semana ela testou a imunidade! Isso porque a mãe tinha viajado para diferentes lugares com diferentes temperaturas, enfrentando o calor do Caribe e também o frio de Gramado. Ela disse: “Vou contar para vocês que nessa semana eu testei verdadeiramente a minha imunidade. Depois de ficar mudando tanto de temperatura – e assim, não é que mudei de temperatura um pouco. Mudei drasticamente. Dormi super pouco. Acho que não teve nenhuma noite que dormi mais do que cinco horas. Descobri que estou com a minha imunidade está boa, se não estaria doente”.

A modelo também compartilhou um pouco sobre a rotina agitada e refletiu sobre o que mudou após a chegada da filha. Ela contou: “Eu sou aquela pessoa que precisa dormir oito horas para ficar bem. Nessa noite, dormi. Mas no meu dia a dia, depois que Vicky nasceu, nunca mais aconteceu de eu dormir oito horas. Antigamente eu conseguia. Mas hoje em dia juntou trabalho, casa, família, marido, viagem, filha. Oito horas é um luxo que não existe mais em minha vida”.

Ana refletiu sobre o papel da mãe (Foto: reprodução / Instagram @anapaulasiebert)

A mãe fez um desabafo sobre o cansaço da rotina sempre cheia. Ela explicou: “Sempre me perguntam: ‘Como você faz para dar conta de tudo?’. Gente, não dou. Chega uma hora na vida da gente que a gente tem que ter prioridade. Algumas coisas ficam abandonadas e depois a gente busca de novo, e abandona de novo. Não dá para fazer tudo. Vejo algumas amigas que vejo que às vezes ficam tentando dar jeito de tudo e ficam se matando. Então, eu brinco: ‘Tira essa capa de Mulher Maravilha, porque só tem no cinema e nos filmes’. Na vida real a gente precisa aprender a fazer o que dá, o que não dá, paciência, a gente deixa para lá. Tem que aprender a ser mais desapegada com as coisas”.

Ana Paula disse ter passado a enxergar as coisas dessa forma após a maternidade. Ela concluiu: “Depois que a Vicky nasceu eu estou aprendendo a ser assim. Eu não era, eu era muito estressada, ainda sou… Mas eu estou tentando aprender a ser diferente, tentando aprender que a gente não tem o controle de tudo e está tudo bem, está tudo certo, e o importante é que a vida vai andando”.