Andréia Sadi conta curiosidade sobre próprio nascimento: “Minha mãe pariu no meio da 9 de Julho”

A jornalista, que é mãe de primeira viagem dos gêmeos Pedro e João, lembrou como veio ao mundo de maneira inusitada

Resumo da Notícia

  • Andréia Sadi é mãe de primeira viagem dos gêmeos Pedro e João
  • Eles são fruto do relacionamento com o também jornalista André Rizek
  • Em entrevista ao Fantástico, ela deixou a própria maternidade um pouco de lado e contou que nasceu no meio da rua, em São Paulo

Andréia Sadi é mãe de primeira viagem dos gêmeos Pedro e João, frutos do relacionamento com o também jornalista André Rizek. Mas deixando um pouco a própria maternidade de lado, ela contou a maneira curiosa e inusitada que veio ao mundo: no meio da rua, mais precisamente na Avenida 9 de Julho, em São Paulo.

-Publicidade-

Estourou a bolsa, ela (mãe de Andréia) estava tomando banho. E aí ela tentou chegar no hospital”, ela começa o relato, em entrevista à Renata Ceribelli, no podcast para o Fantástico. As informações são da coluna de Patrícia Kogut.

Andréia Sadi é mãe dos gêmeos Pedro e João, frutos do casamento com o também jornalista André Rizek (Foto: Reprodução/ Instagram)

“Meu pai passou mal e minha mãe teve o parto sozinha no meio da Nove de Julho”, conta. Ela ainda disse que ao chegar no hospital, o médico disse que não tinha que fazer mais nada, apenas cortar o cordão umbilical.

Andréia Sadi relembra saída de hospital com filhos gêmeos

Em bate-papo com a jornalista Mariana Queiroz no Instagram, Sadi comentou sobre a dificuldade que teve em deixar a maternidade com os filhos gêmeos: “Nas duas primeiras semanas eu chorei de desespero. Eu não queria ir embora da maternidade, eu estava amando não ter alta, porque quando tive alta… Agora é com a gente. Na hora que você sai, [os bebês] com quatro dias, é desesperador. Eu vim rezando. Comecei chorando no carro, não parava de chorar”, comenta a jornalista.

Andréia Sadi conta que nasceu na rua, no meio da Avenida 9 de Julho, em São Paulo (Foto: Reprodução / Patrícia Kogut / O Globo)

Nos primeiros dias com os recém nascidos, a jornalista não escondeu que estava assustada com a maternidade: “Tudo me dava medo, eu tinha medo da cabecinha mole, amamentação, o banho, eu tenho medo. O umbigo? Medo de lidar”.

Pedro e João nasceram no dia 7 de abril, e curiosamente é o dia em que se comemora o dia do jornalista, a profissão exercida por Andréia e André.