Animação mostra o quanto a linha entre educar e controlar é estreita

O curta ensina que educar é libertar e não controlar

-Publicidade-

O curta de animação “A cloudy lesson”(“Uma lição nebulosa”, em livre tradução), produzido pelo Ringling College of Art + Design traz justamente a mensagem, e fala de como, enquanto pais, professores e educadores, muitas vezes somos sucumbidos pelo desejo de controlar a criança. Como já disse o escritor Mario Sergio Cortella, “somos pais, e não donos dos filhos”.

A animação mostra um avô fazedor de nuvens tentando ensinar seus ofícios para e neto. Entretanto, o neto não entendia e nem conseguia reproduzir a tarefa. Depois de várias tentativas sem sucesso, eles entenderam que grande aprendizados vêm de acidentes felizes.

-Publicidade-

O desenho explora a relação entre adulto e criança com uma linguagem cheia de simbologia. Eles tratam a valorização da interrogação do que da afirmação, do processo de construir as verdades com o filho. O filme se transforma em uma lição sobre educação, compaixão e relações humanas.

“A infância é um outro: aquilo que, sempre além de qualquer tentativa de captura, inquieta a segurança de nossos saberes, questiona o poder de nossas práticas e abre um vazio em que se abisma o edifício bem construído de nossas instituições de acolhimento. Pensar a infância como um outro é, justamente, pensar essa inquietação, esse questionamento e esse vazio”, diz o filósofo e educador espanhol  Jorge Larrosa, autor de “O enigma da infância“.

Livro para avós lerem para os netos 

Na quinta-feira (05), Paul McCartney lançou seu primeiro livro infantil voltado para os avós lerem para os netos. O artista fez uma viagem do rock a literatura e encantou os pequenos com a história. O livro foi batizado pelo ex-Beatle de chamado “Hey Grandude” em homenagem a um sucesso da banda britânica.

O livro mostra as aventuras de um homem mágico chamado Grandude e seus quatro netos, que ele chama de “Chillers”. “Eu queria escrevê-lo para os avós de todos os lugares, por isso lhes dou algo para ler para os netos na hora de dormir”, explicou o vovô McCartney no texto de divulgação do novo trabalho.

A famosa ilustradora Kathryn Durst foi responsável pelas animações e desenhos do livro. O charme do seu trabalho, deu cor e representatividade as experiências vividas pelo personagem, que, foram inspirados na vida real do cantor Paul McCartney.

“Tive o prazer de trabalhar com uma grande artista que colaborou muito com esse lançamento. A atenção dispensada com as crianças é fundamental para seu amadurecimento como ser humano”, ressaltou Paul McCartney, artista ligado na defesa dos direitos dos animais e questões ambientais.

Fique por dentro do conteúdo do YouTube da Pais&Filhos:

Leia também:

Mundo Bita lança clipe animado da música “Sina” de Djavan e você precisa assistir com seu filho

De volta à infância: Ingresso Rápido abre as vendas para shows dos Backstreet Boys

Preta Gil mostra a neta durante show e dá para ver o quanto ela cresceu!

-Publicidade-