Anitta fala sobre estado de saúde e pré-operatório para cirurgia: “Tá um sofrimento”

A artista desabafou nas redes sociais que só descobriu que era endometriose depois de nove anos sentindo muita dor. Agora, ela encontra-se em pré-operatório para realizar a cirurgia, a qual é uma das formas de tratamento para aliviar os sintomas da doença

Resumo da Notícia

  • A Anitta usou as redes sociais para dizer que está em pré-operatório para operar por conta da endometriose
  •  O procedimento cirúrgico é uma das formas de tratamento para aliviar os sintomas da doença
  • Anteriormente, a artista desabafou nas redes sociais que só descobriu que era endometriose depois de nove anos sentindo muita dor

A cantora Anitta fez uma publicação durante a noite da última terça-feira, 19 de julho, sobre uma nova atualização quadro clínico dela. Visto que, ela está internada para operar por conta da endometriose. No relato feito na rede social Twitter, a artista contou que o pré-operatório do procedimento cirúrgico não está sendo nada fácil.

-Publicidade-
Anitta está em pré-operatório
Anitta falou sobre o pré-operatório (Foto: Reprodução / Twitter)

Já na rede social Instagram, Anitta publicou um storie dizendo que está bem acompanhada. Além da equipe médica, a artista está ao lado da amiga, a Gkay, e do namorado, o Murda Beatz.

Anitta está em pré-operatório para endometriose
Anitta está acompanhada de familiares no pré-operatório (Foto: Reprodução / Instagram)

Entenda o caso

A cantora Anitta chamou seus fãs no Twitter para falar sobre um problema de saúde dela que tem incomodado bastante nos últimos anos: a endometriose. A artista fez uma postagem dizendo que está no auge dos acontecimentos mais inacreditáveis da vida dela, e classificou de “rajadão de bençãos”, mas que a endometriose não a está deixando sorrir.

Em uma das postagens ela reclama dos sintomas. “Acredite. A dor é tão ruim que você quer fazer de tudo para que isso passe. Então obviamente nesses meus nove anos de luta eu passei foi por gente me dizendo as mesmas coisas…e nada de resolver.”

Estima-se que no mundo 10 a 15% das mulheres tem endometriose e a grande maioria delas nunca vai saber disso
Estima-se que no mundo 10 a 15% das mulheres tem endometriose e a grande maioria delas nunca vai saber disso (Foto: Reprodução / Instagram / @anitta)

Para ajudar a Anitta e todas as mulheres com informações de qualidade sobre o problema, conversamos com o ginecologista da USP e do Hospital Albert Einstein e especialista em endometriose, Igor Padovesi, pai de Beatriz, Guilherme e Cecília. Ele explica que essa “luta” citada por Anitta é a realidade de muitas mulheres, já que estudos mostram que o tempo médio para descobrir o problema geralmente é de sete a dez anos.

Estima-se que no mundo 10 a 15% das mulheres tem endometriose e a grande maioria delas nunca vai saber disso, pois não tem acesso a um exame adequado. Só no Brasil são mais de 7 milhões de casos. “A endometriose é uma doença crônica, silenciosa, provocada pela migração do tecido que reveste a cavidade uterina, o endométrio, para outras partes do corpo, principalmente para o abdome, além de ovário, ligamentos uterinos, bexiga e intestino e que por isso que é muito difícil de ser identificada em exames comum de imagens”, diz o médico. Leia aqui a matéria na íntegra.

Assista ao segundo episódio do POD&tudo, o podcast da Pais&Filhos