Família

Aniversário de 58 anos da Princesa Diana: 4 protocolos que Lady Di quebrou na família real

Mesmo sendo nobre, ela não concordava com todas as formalidades da realeza

Nathalia Lopes

Nathalia Lopes ,Filha de Márcia e Toninho

A princesa morreu em 1997 (Foto: Getty Images)

Princesa Diana completaria nesta segunda-feira, 01 de julho, 58 anos de idade. A gente resolveu relembrar alguns protocolos quebrados por ela que interferem, até hoje, na vida das crianças da família Real. Mesmo sendo da nobreza, Diana não concordava com todas as formalidades da realeza.

Lady Di, mãe dos príncipes William e Harry, mudou literalmente a forma de que as mulheres da família real davam à luz. Ela foi a primeira princesa a ter o parto feito fora do castelo. Ela fez questão de parir em um hospital, o mesmo escolhido por Kate Middleton.

Diana ignorou o que a realeza achava que era o certo para educação das crianças e rescreveu criar os filhos de uma maneira bem mais humanizada. Diferente do pai, William e Harry tiveram aulas em uma escola, graças a mãe. Charles teve aulas com professores particulares.

Diana não via problemas em tratar crianças como crianças, mas também não os infantilizava (Foto: Getty Images)

Ela também não via problema em abraçar os filhos em público. Diana se agachava para conversar com as crianças olhando nos olhos dela. Um outro hábito mudado pela princesa de Gales foi o de permitir que as crianças fossem junto com ela e o marido em viagens oficiais. Elizabeth raramente fazia isso.

Além de se esforçar muito para que os filhos tivessem uma infância normal, permitindo que eles usassem calça jeans e roupais mais confortáveis, ela ainda os levava em abrigos e hospitais. Lady Di queria que os filhos tivessem consciência de que o mundo é bem diferente do que no castelo.

Muitas das mudanças que Diana fez na criação de William foram reproduzidas por ele e por Kate (Foto: Reprodução / Instagram)

Ela nunca viu problema em cuidar dos filhos em público (Foto: Reprodução / Instagram)

William também leva os filhos para viajarem com ele (Foto: Reprodução /Instagram)

Cópia e cola 

Hoje, Lady Di não está mais entre nós. Mas há quem diga que podemos a enxergar na sobrinha. Lady Kitty Spencer, filha do seu irmão. Ela é até apelidada em homenagem a tia. Kitty que tem 26 anos e tinha apenas 4 quando a tia faleceu.

Kitty também se envolve em projetos sociais, assim como a tia (Foto: Reprodução/Instagram @kitty.spencer)

Homenageada até hoje 

O nome escolhido por Meghan e Harry, foi uma forma de homenagear a avó do bebê. Archibald Cambell foi um dos ancestrais da avó do bebê real, ele foi o nono Conde de Argyll, na Escócia. Legal, né? Eles encontraram uma forma linda de homenagear a mãe de Harry!

Ele também fizeram questão de avisar a família de Lady Di quando o Archie nasceu. No mesmo momento em que avisaram o resto dos familiares. Afinal, se ela estivesse viva, teria sido uma das primeiras a conhecer o neto.

Leia mais: 

Veja o vídeo: Charlotte mostra sua personalidade forte e dá bronca nos fotógrafos 

Kate Middleton leva Charlotte em bar e você não vai acreditar no motivo 

Príncipe William conta qual é a atividade preferida da princesa Charlotte