Anticoncepcional seguro

Agência discute se alguns tipos de contraceptivos devem continuar no mercado

A agência norte-americana que regulamenta drogas e alimentos está discutindo a segurança de alguns anticoncepcionais que estão disponíveis, inclusive, no mercado brasileiro.

-Publicidade-

A FDA afirma que as pílulas com o hormônio drospirenona triplicam o risco de coágulos no sangue, se comparadas com aquelas feitas à base de levonorgestrel. Entre os medicamentos estão as pílulas Yasmin e YAS.

Segundo a Folha de S. Paulo, os anticoncepcionais com drospirenona são diuréticas e impedem que o corpo absorva muito sal, o que aumentaria as chances das mulheres terem trombose, mesmo que o problema seja causado por todos os medicamentos contraceptivos.

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu, segundo publicação pela Defensoria Pública de São Paulo, que a mãe de menina que foi batizada com nome de marca de anticoncepcional poderá alterar o nome da filha. O nome foi dado pelo pai em forma de protesto.