Anvisa aprova tratamento de HIV que utiliza apenas 1 comprimido

O medicamento é uma combinação das substâncias lamivudina e dolutegravir sódico

Resumo da Notícia

  • A Anvisa aprovou tratamento para HIV com um comprimido
  • O medicamento é uma combinação das substâncias lamivudina e dolutegravir sódico
  • Adolescentes acima de 12 anos e adultos com mais 40 kg podem estar utilizando o tratamento

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou nesta segunda-feira um novo tratamento para o HIV que reúne duas substâncias em único comprimido. Antes os portadores do vírus deveriam tomar um coquetel de antirretrovirais para combater a doença.

-Publicidade-

“A aprovação representa um avanço no tratamento das pessoas portadoras do vírus que causa a Aids, já que reúne em uma dose diária dois antirretrovirais que não estavam disponíveis em um só comprimido. A possibilidade de doses únicas simplifica o tratamento e a adesão dos pacientes”, afirmou a agência, em nota.

O tratamento do HIV poderá ser feito com uma pílula
O tratamento do HIV poderá ser feito com uma pílula (Foto: Getty Image)

O medicamento é uma combinação das substâncias lamivudina e dolutegravir sódico. Ele poderá ser prescrito para o tratamento completo da infecção pelo vírus em adultos e adolescentes acima de 12 anos com pelo menos 40 kg. Para que não haja nenhuma complicação no tratamento.

O Brasil distribui gratuitamente todos os antirretrovirais desde 1996 e, desde 2013, o Sistema Único de Saúde (SUS) garante o tratamento para todas as pessoas vivendo com HIV, independentemente da carga viral. Segundo o Ministério da Saúde, até o momento, existem 19 medicamentos disponíveis em 34 apresentações farmacêuticas.