Anvisa deve decidir sobre uso de autoteste de covid-19 nesta quarta-feira

O Ministério da Saúde pediu autorização para que brasileiros possam comprar o autoteste para ser feito em casa em meio a alta de casos de covid-19 no país

Resumo da Notícia

  • A Anvisa deve decidir sobre o uso de autotestes de covid-19 nesta quarta-feira
  • O Ministério da Saúde pediu a liberação do formato para que brasileiros possam se testar em casa
  • A medida foi tomada em meio a alta de casos de covid no Brasil

Nesta quarta-feira, 19 de janeiro, a Anvisa deve decidir se aprova ou não o uso de autotestes para diagnóstico de covid-19. Esse formato, caso seja autorizado, permite que pessoas com suspeitas de covid possam comprar um teste na farmácia para ser feito em casa.

-Publicidade-

O pedido de autorização foi feito pelo Ministério da Saúde em meio a alta de casos de covid-19 pela variante Ômicron, ainda este ano. A situação está ocasionando, inclusive, em falta de testes de covid em todo o Brasil.

A nota técnica que acompanha o pedido enviado para a Anvisa destaca ainda que, “A autotestagem é uma estratégia adicional para prevenir e interromper a cadeia de transmissão da Covid-19, juntamente com a vacinação, o uso de máscara e o distanciamento social. Os autotestes podem ser realizados em casa ou em qualquer lugar, são fáceis de usar e produzem resultados rápidos”.

Ministério da Saúde reduz tempo de isolamento de infectados com covid-19 para sete dias
Ministério da Saúde reduz tempo de isolamento de infectados com covid-19 para sete dias (Foto: Getty Images)

O autoteste que pode ser aprovado é o antígeno – que revela o resultado em até vinte minutos. “O uso de autoteste pode ser uma excelente estratégia de triagem, pois devido ao curto tempo para o resultado, pode-se iniciar rapidamente o isolamento dos casos positivos e as ações para interrupção da cadeia de transmissão”, destaca ainda o Ministério.

Especialistas apontam, contudo, que o autoteste pode apresentar uma eficácia menor que de outros formatos, como PCR, e ainda está sujeito a erro por falta de treinamento de quem o aplica. A posição dá Anvisa deve ser divulgada hoje a tarde.