Aos 107 anos, matriarca de família com 205 descendentes é vacinada contra coronavírus

A maior parte dos parentes mora na mesma cidade, em Apiacá, no sul do Espírito Santo

Resumo da Notícia

  • Maria Benedita Carvalho Pereira, tem 107 anos, e construiu literalmente uma grande família: são 13 filhos, 39 netos, 80 bisnetos, 65 tataranetos e, acredite, mais 8 pentanetos;
  • A maior parte dos parentes mora na mesma cidade que a idosa, em Apiacá, no sul do Espírito Santo;
  • E na última quinta-feira (05), a matriarca emocionou toda a família ao ser vacinada contra o coronavírus.

Maria Benedita Carvalho Pereira, tem 107 anos, e construiu literalmente uma grande família: são 13 filhos, 39 netos, 80 bisnetos, 65 tataranetos e, acredite, mais 8 pentanetos. A maior parte dos parentes mora na mesma cidade que a idosa, em Apiacá, no sul do Espírito Santo. E na última quinta-feira (05), a matriarca emocionou toda a família ao ser vacinada contra o coronavírus.

-Publicidade-
Número de vacinas e número de mortes (Foto: Freepick)

A idosa foi uma das primeiras a ser vacinada contra a doença na manhã de ontem e pode suspirar com esperança. De acordo com a bisneta Neuziana, a senhora se assustou com a chegada da equipe médica em sua residência: “Ela ficou assustada quando viu as três pessoas entrando em casa. Aí explicamos que era o pessoal da imunização para dar a vacina da covid e logo ela se animou e disse que não via a hora de receber a dose para poder rever os parentes”, contou.

A idosa está isolada da família há quase um ano. Só conversa com os parentes por chamada de vídeo. Lúcida é ciente dos riscos, ela sabe que deve ficar em casa para não ser infectada pelo coronavírus. “A gente fica muito feliz de ver ela imunizada. Ela é uma mulher forte, lúcida e conta muitas histórias. Viveu um período de guerra e está sempre feliz com a gente. A vacina veio em boa hora, estávamos todos ansiosos e agora felizes”, disse a bisneta.

Por telefone, dona Maria revelou ao portal que está feliz com a imunização: “Eu gosto muito de ter uma família grande. Estou sentindo falta dos meus parentes. Essa vacina vai ajudar muito”, contou a senhora. De acordo com Neuziana, mapear toda a família foi difícil, mas ela realizou um trabalho árduo para reuni-los – afinal a ideia é manter todos unidos para a felicidade de Maria.

Matriarca de família com 205 descendentes é vacinada (Foto: Reprodução/ Secretário Saúde)