As mães têm o direito garantido por lei de amamentar em público em SP

Muitas mães tem se confundido com uma informação falsa!

(Foto: Shutterstock)
(Foto: Shutterstock)

Sabe as pesquisas que você faz no Google? O buscador registra tudo o que é digitado. A empresa mandou para nós as principais pesquisas relacionadas à busca com a palavra “amamentar”e, ao longo da Semana Mundial da Amamentação, tiraremos as principais dúvidas das mães por aqui! A busca dessa vez é “lei que proíbe amamentar em público”.

-Publicidade-

No começo do ano, surgiu uma notícia na web afirmando que as mães que amamentassem em público seriam multadas. Isso gerou uma grande polêmica nas redes sociais. Entretanto, a informação era falsa. E, ainda hoje, há mães acreditando que isso acontece.

Por isso, a primeira coisa a saber é que essa lei não existe, aliás, existe uma lei válida para todo o Município de São Paulo que multa o estabelecimento que proibir a amamentação em público! Se isso acontecer com você, é importante fazer a denúncia do local. Mesmo que você não queira chamar a polícia na hora do ocorrido, não deixe de registrar a sua queixa, já que se o lugar repetir a proibição ele pode ter a licença de funcionamento cassada.

-Publicidade-

Leia também

Entre com a gente na Semana da Amamentação postando #AmamentarNãoTemLugar

5 maneiras de acalmar o bebê ao amamentar em lugares públicos

Vídeo: como as pessoas reagem à amamentação em público

Patricia Peck Pinheiro, mãe de Gabriela e Rafael, é advogada, especialista em direito digital e explica como não cair nessas pegadinhas. “A internet se consolidou como um canal de informações. Com a adesão dos grandes veículos e dos grandes formadores de opinião, virou um canal onde a informação acontece primeiro”, afirma.

Ainda de acordo com Patricia, a primeira recomendação é fazer uma busca em sites com credibilidade e até pesquisar em mais de uma fonte, para saber se aquela informação é verdadeira ou se está atualizada. Temos um problema hoje que não são só as informações erradas, mas também as notícias ultrapassadas.

-Publicidade-