Assessoria de Sarah Poncio explica motivo da guarda de criança ser interrompida

Sarah Poncio e Jonathan Couto não conseguiram dar continuidade no processo de adoção de Josué

Resumo da Notícia

  • Sarah Poncio e Jonathan Couto perdem guarda de Josué
  • O menino havia sido adotado pelo casal em 2020
  • Em nota a assessoria explicou o motivo da interrupção da guarda

A Família Poncio anunciou nesta quinta-feira, 9 de dezembro, a perda de um importante membro: Josué, terceiro filho do casal Sarah Poncio e Jonathan Couto. Isso porque o casal teve de interromper o processo de adoção do menino depois que a mãe biológica exigiu a guarda dele.

-Publicidade-

Saulo foi quem postou nos stories do Instagram, a notícia de que o fim tinha chegado e infelizmente a família não conseguiu a guarda do menino. Hoje a assessoria de Sarah lançou uma nota esclarecendo o que de fato ocorreu, e o que levou ao casal a decisão de adotar uma criança.

“A família da apresentadora e influenciadora digital Sarah Poncio vem a público se pronunciar sobre a decisão da mãe biológica de Josué Marcio de solicitar a guarda da criança, interrompendo um processo de adoção já em andamento, iniciado por Sarah. Ao tomar conhecimento dos fatos, a família Poncio se encontrou em uma situação onde nenhuma família deveria vivenciar: a perda irreparável de uma criança”, dizia a nota.

A família Poncio perdeu a guarda de Josué
A família Poncio perdeu a guarda de Josué (Foto: Reprodução/Instagram @sarah)

“Ao primeiro contato de olhares, Sarah se sentiu conectada com Josué. A decisão de adotar Josué foi baseada na esperança de resgatar uma criança em situação de vulnerabilidade social, provendo um lar adequado, repleto de amor e carinho. Todo o processo correu com o respaldo da lei, além de aprovação e bem entendimento de ambas as partes. Dito isso, Josué se tornou uma parte essencial da realidade de Sarah, ele se tornou, de fato, um filho”, continuava o comunicado.

“O amor de mãe é um sentimento inexplicável e capaz de fazer tudo pelos pequenos. A separação de uma família com o seu bebê é um ferimento que pode jamais ser curado. Sarah agradece as mensagens de apoio e orações feitas através das redes sociais. Seguimos desejando tudo de melhor para o Josué, que sempre terá seu espaço no lar da família Poncio”, finalizava a nota.

A família biológica do menino mora em Fortaleza, no Ceará, e a notícia de que Josué seria entregue para a mãe biológica veio do perfil “@casosdefamilia”. De acordo com a fonte da publicação, a mãe biológica de Josué afirmou estar “psicologicamente mal” e “quer o filho de volta de todo o jeito”.