Astrônomo-Mirim: Menino de 5 anos é o mais jovem do mundo a descobrir asteroides com a NASA

Miro Latansio Tsai sempre foi apaixonado por ciência e astronomia, e por isso, os pais acharam interessante inscrever o filho no programa ‘Caça Asteroides’

Resumo da Notícia

  • Brasileiro de 5 anos é o mais jovem a descobrir asteroide no mundo;
  • Miro Latansio Tsai desvendou 15 desses corpos celestes, que foram confirmado pela NASA;
  • O garoto prodígio realizou a descoberta em um programa que incentiva a ciência e pesquisa no Brasil

Uma paixão que vêm do berço! Um garoto brasileiro de cino anos de idade foi reconhecido por ser a pessoa mais jovem do mundo por identificar um asteroide. No total, Miro Latansio Tsai desvendou 15 desses corpos celestes que foram confirmados pela NASA (Agência Espacial Americana) através do Programa Caça-Asteroides

-Publicidade-

O projeto permite que astrônomos amadores, cidadãos em instituições, escolas e clubes de ciências possam conhecer melhor sobre astronomia e tem como missão popularizar o meio científico entre os voluntários, sendo capazes de realizar descobertas astronômicas originais (o caso de Miro Latansio) e participar da astronomia prática.

O garoto contou ao jornal OTempo que sempre se interessou por assuntos relacionados a astronomia e ciência. “Eu sempre gostei de ciência, astronomia e planetas: Marte, Júpiter, Saturno, Sol, Mercúrio”, diz o pequeno, que logo depois se corrige e afirma que, na realidade, o Sol é uma estrela.

Miro sempre recebeu o incentivo dos pais para estudar o espaço e seus mistérios
Miro sempre recebeu o incentivo dos pais para estudar o espaço e seus mistérios (Foto: Reprodução/Johns Hopkins/NASA/G1)

Durante o período de isolamento contra a covid-19, o garoto viu um anúncio do Projeto Caça Asteroides e a família  imaginou que seria interessante inscrever o garoto no projeto fundado pelo MCTI (Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação).

Rapidamente, o menino prodígio já entendia como manusear o programa de computador, que é utilizado para observar, identificar e enviar relatórios de possíveis asteroides ou objetos próximos da Terra. Foi por meio dessas fotos que Miro descobriu 15 asteroides entre os meses de outubro e novembro de 2021, recebendo uma certificação da IASC/Nasa por suas descobertas.

Miro e a Astronomia

Carla Latansio contou que o interesse do garoto por astronomia é visível desde que ele era ainda menor. “Com dois anos ele sabia o nome de todos os planetas do sistema solar. Na primeira visita que fizemos ao Museu Catavento, em São Paulo, na entrada tinham todos os planetas na parede e ele foi passando e apontando os dedinhos e falando os nomes de todos”, relata a advogada.

Com esses resultados, a mãe de Miro e o menino tiveram a ideia de criar um grupo de estudes para que o ‘astrônomo-mirim’ ajudasse outras crianças a caçar asteroides. O projeto foi chamado de “Clubinho do Miro” e lá são compartilhadas informações sobre astronomia e caça de asteroides.

Sua missão na Ciência

Apesar de jovem, o menino de 5 anos já sabe qual o seu propósito na ciência dos astros: ele acredita que descobrir os asteroides pode ser uma forma de preservar o nosso planeta. Para identificar o potencial risco de um corpo celeste se chocar contra a Terra, é necessário estudar melhor sua órbita, algo que no momento está sendo feito com os 15 asteroides que Miro descobriu.