Ataque russo atinge escola na Ucrânia: duas mortes são confirmadas, diz governador de Luhansk

O bombardeio que atingiu a vila de Bilohorivka, na Ucrânia causou um incêndio no local. Das pessoas que estavam lá, duas foram encontradas sem vida, 30 foram resgatadas e 60 permanecem embaixo dos escombros

Resumo da Notícia

  • Um bombardeio neste sábado, 7 de maio, atingiu uma escola na Ucrânia
  • O ataque, de acordo com o governador de Luhansk, foi feito pela Rússia e deixou pelo menos dois mortos
  • Outras pessoas seguem embaixo dos escombros

Um bombardeio em uma escola na vila de Bilohorivka, na Ucrânia feito pela Rússia causou pelo menos duas mortes. A informação foi dada por Serhiy Gaidai, governador de Luhansk, na manhã deste domingo, 8 de maio.

-Publicidade-

Na hora do ataque, haviam 90 pessoas no local. 30 delas foram resgatadas. Por conta do estrago, autoridades locais julgam que as 60 pessoas, que ainda estão embaixo dos escombros causados pela destruição, já estejam sem vida.

Segundo informações do governador, aconteceu um bombardeio por parte da Rússia na tarde deste sábado, 7 de maio. O ataque provocou um incêndio no local, que também atingiu um prédio.

Um bombardeio atingiu uma escola na Ucrânia no último sábado, 8 de maio, e deixou pelo menos dois mortos
Um bombardeio atingiu uma escola na Ucrânia no último sábado, 8 de maio, e deixou pelo menos dois mortos (Foto: reprodução/Twitter/@diariARA)

“O fogo foi extinto após quase quatro horas, então os escombros foram removidos e, infelizmente, os corpos de duas pessoas foram encontrados. Sessenta pessoas provavelmente morreram sob os escombros dos edifícios”, escreveu Serhiy Gaidai na rede social Telegram, de acordo com o G1.