Família

Atenção: cartórios de São Paulo cometem falha e deixam vazar dados de crianças e pais

Ficou no ar pelo menos dois menos

Ingrid Campiteli

Ingrid Campiteli ,filha de Sandra e Paulo

(Foto: Reprodução / UOL)

Cartórios de São Paulo deixaram escapar quase 1 milhão de arquivos contendo dados de adultos, crianças e adolescentes. As informações ficaram pelo menos dois meses no ar em disposição de quem quisesse copiar.

Foram vazados 988 mil arquivos. Um único deles é um banco de dados com 381 mil certidões de nascimento, com informações de mais de 1 milhão de pais (339 mil), mães (378 mil) e filhos (381 mil).

Os dados informam os nomes dos filhos e pais, datas de nascimento, números da certidão e até se as crianças nasceram vivas ou mortas. Também é possível saber quais crianças vieram ao mundo sem pai, mãe ou ambos. Além de que o banco de dados permite obter uma relação de crianças registradas em nome de casais homossexuais.

O erro que aconteceu com o Certo (sigla para Computer Emergency Response Team), que atua com segurança da informação e proteção da privacidade, foi corrigido para evitar novos problemas. Porém, para diminuir os danos, o grupo orientou que fosse feita a divulgação do vazamento.

Leia também:

Novidade, a gente adora: L’Occitane lança nova linha de cuidados para o seu filho

Ministério da Saúde divulga novos números sobre a microcefalia

Zoe Sato ganhará festa com 500 convidados em aniversário de 1 ano: “Vai ser a festa do ano”