Ator de ‘Riverdale’ mata própria mãe e planeja assassinato do primeiro-ministro do Canadá

Ele já fez um papel na série ‘Riverdale’, no filme ‘Diário de Um Banana’ e na série ‘Supernatural’. O crime aconteceu em 2020

Resumo da Notícia

  • Ator de 'Riverdale' matou a própria mãe
  • Ele tinha planos de assassinar o primeiro-ministro
  • Ele fez papéis na série 'Supernatural' e 'Diário de Um Banana'

O ator Ryan Grantham assassinou a própria mãe em 2020 e tinha planos de matar o primeiro-ministro do Canadá, Justin Trudeau. O ator, que já participou da série ‘Riverdale’ e, de acordo com a CBC News, ele está sendo julgado pelo Supremo Tribunal da Colúmbia Britânica depois de ter confessado o crime.

-Publicidade-

Ryan ficou conhecido, principalmente, pelo papel na série ‘Riverdale’ como Jeffery Augustine e de Todd, na série ‘Supernatural’. Ele também interpretou Rodney James no filme infanto-juvenil Diário de Um Banana, de 2010.

De acordo CBC News, a previsão é que o ator seja condenado à prisão perpétua. Segundo informações dadas pelo portal Splash, os promotores que estão atuando no caso afirmaram que Ryan matou a mãe, Barbara Waite, em 2020, no dia 31 de março. Ele deu um tiro na cabeça dela, enquanto ela estava tocando piano de costas.

Ator de 'Riverdale' mata própria mãe e planeja assassinato do primeiro-ministro do Canadá
Ator de ‘Riverdale’ mata própria mãe e planeja assassinato do primeiro-ministro do Canadá (Foto: Divulgação)

Depois do assassinato, ele pegou um dinheiro, comprou drogas e armas para matar o primeiro-ministro, mais tarde cobriu o corpo da mãe com um lençol e foi dormir. No dia seguinte, ele seguiu com o plano de matar Trudeau na casa dele, em Ottawa. As informações foram reveladas durante o primeiro dia de audiência, que aconteceu esta semana, para a condenação do ator.

O ator teria inclusive pensado em fazer um massacre na universidade na qual estudava, na Ponte Lions Gate de Vancouver. Porém, ele desistiu da ideia e confessou os crimes na delegacia.