Atriz quebra o silêncio e fala sobre doença rara que descobriu após o parto do primeiro filho

Mabel Calzone é o segundo caso de aracnoidite torácica, uma inflamação na medula, no Brasil

Resumo da Notícia

  • A atriz começou a sentir dores depois de receber alta médica
  • Com o tempo, ela parou de sentir as pernas e teve incontinências fisiológicas
  • Mabel abriu o coração e falou sobre como têm sido o primeiro mês com o filho
  • A doença pode causar cistos e causar paraplegia ou tetraplegia
Nicolas é o primeiro filho da atriz (Foto: reprodução / Instagram @mabelcalzolari)

Mabel Calzone, uma atriz de 20 anos, contou que a vida ficou de cabeça para baixo depois do nascimento do primeiro filho, Nicolas, fruto do relacionamento com o ator João Fernandes, também da mesma idade. Depois de participar do elenco de Orgulho e Paixão, a jovem descobriu uma doença grave e rara após o parto do bebê.

-Publicidade-

Em entrevista à QUEM, Mabel contou que foi diagnosticada com aracnoidite torácica, que é uma inflamação na medula causadora de cistos e que até mesmo pode levar à paraplegia ou tetraplegia. Na última quarta-feira, 29 de janeiro, ela falou sobre o assunto: “Fiquei um mês e pouco internada. Dei entrada no hospital no Natal. Enquanto isso, o Nicolas ficou em casa com a minha família, com o João e com a minha sogra”.

Para falar sobre como descobriu a doença, Mabel falou sobre a gravidez do primeiro filho: “Minha gestação foi muito tranquila. Só fiquei mal por conta dos enjoos, porque tenho pânico de vomitar. Tentei o parto normal, mas cheguei no hospital com dois centímetros de dilatação. Só que não evoluía, continuei com dois centímetros de dilatação e a obstetra decidiu induzir. Como eu não aguentava mais de dor, no meio do processo, decidi fazer uma cesariana. Já não estava mais aguentando, cheguei no meu limite”, explicou.

-Publicidade-
Ela descobriu a doença quase um mês depois do nascimento do filho (Foto: reprodução / Instagram @mabelcalzolari)

Durante a cirurgia, a atriz explicou que deu tudo certo e que Nicolas nasceu super bem. Mas, os problemas começaram depois que Mabel teve alta médica: “Era uma dor insuportável, como se estivesse parindo pelas costas. Fiquei com essa dor uma semana, com dificuldade para respirar, doía muito. Quando deitava dava um aliviada, então ficava mais deitada. Doía tanto que quando cheguei no hospital precisei sentar numa cadeira de rodas porque não conseguia andar”.

No dia seguinte, ela procurou um ortopedista e depois de tomar os remédios, era como se a dor tivesse desaparecido. Depois que o tempo começou a passar, Mabel relatou sentir falta de equilibro e lembrou de um acidente em casa: “Bati a cabeça e o João trouxe um gelo. Mas não senti o gelo na minha perna. Então minha mãe pegou um alfinete e espetou em mim. Não senti. Também comecei a ter incontinência fecal e urinária”.

Mabel ainda lamentou não poder segurar o filho no colo por enquanto (Foto: reprodução / Instagram @mabelcalzolari)

Quando foi encaminhada para a UTI neurológica, a atriz disse que passou por uma cirurgia de aproximadamente dez horas: “Os neurocirurgiões foram muito sinceros comigo. Meu caso foi mandado para fora, para os EUA, sou o segundo caso de aracnoitide pós-raque no Brasil. E eles me disseram que eu teria que fazer uma cirurgia. A preocupação era que eu pudesse ficar paraplégica ou tetraplégica porque a medula é muito sensível. Tinha risco de mexer e piorar”.

Apesar do susto, Mabel está se adaptando bem ao pós-operatório, mas sente falta não não segurar o filho no colo quando ele chora: “O João e a minha mãe que cuidam. Nossa conexão está bem diferente agora, é o que mais me dói. É um sentimento de impotência. Mas tudo isso que passei me fez refletir muito sobre gratidão e família. Foi um choque de maturidade. Sempre fui vaidosa, mas, passando por toda essa situação, hoje eu me sinto tão forte e empoderada que o que menos me incomoda é minha aparência. O que eu quero é ficar bem para poder cuidar da minha família, do meu filho e para voltar a realizar os meus sonhos profissionais”, concluiu.

-Publicidade-