Aulas são suspensas em Petrópolis após novo temporal neste final de semana

As chuvas em Petrópolis da última madrugada, entre domingo e segunda, causou mais cinco mortes e deixou três pessoas desaparecidas

Resumo da Notícia

  • As chuvas em Petrópolis da última madrugada, entre domingo e segunda, causou mais cinco mortes e deixou três pessoas desaparecidas
  • O temporal acontece um mês após a tragédia que a cidade presenciou por outra chuva
  • Devido à tempestade, aulas da rede pública foram canceladas, além de outros serviços travados

Mais um temporal tirou o sono dos moradores de Petrópolis, região Serrana do Rio de Janeiro, neste final de semana. As chuvas voltaram a causar preocupações na cidade um mês após a tragédia que matou 233 pessoas na região. Até a manhã desta segunda-feira, 21 de março, os bombeiros confirmaram, ao jornal R7, cinco mortos e pelo menos três desaparecidos.

-Publicidade-

Os três óbitos foram registrados no bairro Val Paraíso e dois no Morro da Oficina, um dos locais mais afetados pela tragédia do dia 15 de fevereiro. Já foram registrados mais de 95 ocorrências da madrugada de domingo até a manhã de segunda-feira, a maioria relacionada a deslizamentos.

Aulas são suspensas em Petrópolis após novo temporal neste final de semana
Aulas são suspensas em Petrópolis após novo temporal neste final de semana (Foto: Getty Images)

Devido às chuvas, alguns serviços decidiram parar de funcionar na cidade. Parte das empresas de ônibus que atuam na cidade, por exemplo, decidiram parar parcial ou totalmente com as frotas nesta segunda. Pela mobilidade comprometida, a Secretaria da Saúde também suspendeu a vacinação contra a covid-19.

As aulas também foram suspensas em boa parte das escolas na cidade, para evitar acidentes, tanto na rede pública quanto em algumas escolas da rede particular.

Entre as regiões afetadas estão: Alto da Serra, Vila Felipe, São Sebastião, Quitandinha, Castelânea, Chácara Flora, Centro, Quissamã, Morin, Independência, Mosela, Siméria, Caxambu, Coronel Veiga, Estrada da Saudade, Saldanha Marinho, Vila Militar, Bingen, Carangola, Floresta, Itaipava, Provisória, Quarteirão Brasileiro e Valparaíso.