Autoridades identificam mais três vítimas do desabamento de rochas em Capitólio

A força-tarefa da Polícia Civil, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Defesa Civil e Marinha encontraram as três vítimas na manhã desta segunda-feira, 10

Resumo da Notícia

  • Uma rocha desabou e atingiu lanchas com turistas no Capitólio, no Sul de Minas Gerais;
  • O acidente deixou ao menos 32 feridos, segundo o Corpo de Bombeiros;
  • A princípio, as autoridades informam que houveram 10 mortes

Na manhã desta segunda-feira, 10, a Polícia Civil de Minas Gerais identificou outras três vítimas que morreram após o desabamento de uma parte da estrutura rochosa dos cânions de Capitólio, no Sul de Minas Gerais, acidente que ocorreu neste último sábado, 8 de janeiro. Um adolescente de 14 anos, natural de Alfenas/MG, e mais dois homens, naturais de Itaú de Minas/MG e Passos/MG, respectivamente, foram encontrados.

-Publicidade-

Todas as vítimas fatais estavam a bordo da lancha “Jesus” e estavam hospedados em uma pousada de São José da Barra. As equipes de buscas não trabalham mais com a possibilidade de desaparecidos. Ao total, quatro lanchas foram atingidas após o desmoronamento.

Uma adolescente de 14 anos e duas mulheres foram encontradas nesta manhã de segunda-feira, 10 de janeiro (Foto: Reprodução/Twitter)

Neste domingo, 9, a força-tarefa composta por integrantes da Polícia Civil, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Defesa Civil e Marinha haviam identificado outras cinco vítimas. O acidente deixou, além de 10 mortos, 32 pessoas feridas, de acordo com o Corpo de Bombeiros de Minas Gerais.

“O trabalho conjunto das equipes da PCMG continua para identificação de todas as vítimas e retirada dos corpos pelos familiares”, informou a Polícia Civil em nota para a CNN Brasil.

Investigação

O sargento da Defesa Civil de Minas Gerais Wander Silva disse que as circunstâncias e responsabilidades serão verificadas, mas que “esse não é o momento”, a prioridade é dar suporte às famílias das vítimas e buscar desaparecidos.

A Polícia Civil também investiga o caso. Inicialmente foi informado que uma tromba d’água provocou a queda de pedras que atingiram lanchas que estavam na região. A Defesa Civil já havia advertido para a ocorrência de chuvas intensas.

Entenda o acidente

Uma parte da estrutura rochosa dos cânions de Capitólio, no Sul de Minas Gerais, desabou neste sábado, 8 de janeiro, e atingiu ao menos três lanchas.

(Foto: Reprodução/Redes sociais)

Um vídeo impressionante mostra o momento exato em que a rocha se solta e despenca sobre as embarcações que estavam na água.

Segundo o Corpo de Bombeiros, o acidente teria relação com uma tromba d’água e que três lanchas teriam sido atingidas. De acordo com a CNN, o tenente Pedro Aihara, porta-voz do Corpo de Bombeiros de MG, confirmou que uma pessoa morreu e disse que o quadro pode evoluir para um segundo óbito. Disse ainda que há entre quinze e vinte pessoas diretamente afetadas pelo incidente.