Avó completa 100 anos ao lado dos 89 netos e dá dica de como ter uma vida longa

Uma mulher que acaba de completar 100 anos e tem 12 filhos, 37 netos, 50 bisnetos e dois tataranetos

Resumo da Notícia

  • Jo Allan completou 100 anos ao lado da família no Reino Unido
  • A mulher acumulou um total de 12 filhos, 37 netos, 50 bisnetos e dois tataranetos
  • Jo deu uma dica valiosa de como ter uma vida longa

Jo Allan celebrou recentemente o aniversário marcante e nesses anos acumulou 12 filhos, 37 netos, 50 bisnetos e dois tataranetos. Muitos deles estavam presentes para ajudar Jo a comemorar o grande dia e assistiram enquanto ela era homenageada pelo serviço de guerra. Jo, de Middlesbrough Teesside, foi questionada sobre o segredo dela para uma vida longa e feliz e respondeu: “Não há realmente um segredo, mas acho que é importante ter um estado de espírito feliz e tentar não se preocupar . ”

-Publicidade-

Jo é uma das residentes mais antigas do Reino Unido e foi uma das milhares de trabalhadoras que trabalharam em fábricas de munições durante a Segunda Guerra Mundial. O trabalho, baseado em Aycliffe, no condado de Durham, era verificar se havia balas defeituosas na guerra.

Durante a reunião familiar, Jo recebeu uma surpresa especial do prefeito de Middlesbrough, Andy Preston, que chegou com uma apresentação surpresa em nome do conselho. Jo foi presenteada com um certificado e broche reconhecendo-a oficialmente como um anjo Aycliffe e agradecendo-a pela contribuição da vitória na guerra.

Avó completa 100 anos ao lado da família
Avó completa 100 anos ao lado da família (Foto: Reprodução/NNP/The Sun)

Preston disse: “Essas mulheres foram completamente esquecidas e não reconhecidas por muito tempo, mas isso está sendo colocado agora porque devemos contar a história sobre os esforços que pessoas como Jo fizeram para apoiar os bravos soldados que estavam lutando. Tenho certeza que o trabalho incrível que Jo e outros fizeram salvou muitas vidas. É hora de reconhecer os esforços de todos os Anjos Aycliffe durante a guerra que ajudaram a mudar o curso da história europeia para melhor.”

Jo planejou comemorar o centenário com toda a família, que teve que ser cancelado devido a preocupações relacionadas a Covid-19, mas ainda teve um dia muito especial. Ela recebeu um cartão de aniversário de “Sua Majestade”, bem como cartões e mensagens de vídeo de familiares de lugares tão distantes como Canadá, Estados Unidos e Austrália. Jo foi casada com o marido Dave por 61 anos antes de ele falecer aos 82 anos em 2005.

Os filhos do casal incluem oito filhas – Pauline, Joan, Judith, Barbara, Mary, Catherine, Susan e Steph, junto com os filhos Doug, Bernard, Gerard e Dave. O filho mais velho está agora com 77 anos, enquanto o bisneto mais novo tem apenas cinco meses.

Em vez de presentes de aniversário, Jo pediu a amigos e familiares que fizessem doações para a Our Hospitals Charity para a Unidade de Derrame no Hospital da Universidade James Cook, onde Dave foi atendido antes do falecimento. Um total de £ 1.500 (R$11 mil) foi doado até agora e, apesar de um susto de saúde há dois anos, Jo ainda está se fortalecendo no asilo em Linthorpe, nos arredores da cidade.

Jo recebeu um certificado do prefeito da cidade
Jo recebeu um certificado do prefeito da cidade (Foto: Reprodução/NNP/The Sun)

A única vez em que ela morou longe do Nordeste foi durante a guerra, quando Dave serviu como operador de rádio e artilheiro no Vale da RAF. O casal recém-casado viveu em Anglesey, no País de Gales, antes de uma breve passagem por Hereford no final da guerra. Filha mais velha, Pauline disse: “Mamãe sempre foi a mãe mais amorosa, interessante e enérgica, sempre em movimento, colocando os filhos em primeiro lugar e ela por último.

“Minha primeira lembrança dela deve ter sido em 1947, quando cheguei de uma caminhada e encontrei mamãe na cozinha com as mãos e os braços cobertos de vermelho. Fiquei apavorada, mas descobri que ela estava pintando as cortinas velhas de alguém para a nossa nova casa.”

O filho mais velho, Doug, prestou homenagem à mãe e disse: “Ela não só teve 12 filhos, mas voltou a trabalhar em tempo integral até se aposentar aos 65 anos. Sua piada favorita é que ela sabia o que estava fazendo ao ter tantos filhos – garantindo que ela tivesse cuidadores suficientes à medida que envelhecia. E ela sempre reclama que a Covid a está impedindo de sair de férias, o que é injusto, pois ela pode não ter muitos anos restantes!”