Avó da à luz neto e prova que o amor de mãe é capaz de qualquer coisa

Nataccia estava com dificuldades para engravidar e, depois de inúmeras tentativas, a mãe Zolande resolveu ajudar e se ofereceu para gestar o próprio neto

Resumo da Notícia

  • Avó engravida de neto
  • A filha estava tentando engravidar há mais de 5 anos e não conseguia
  • Depois de descobrir uma dificuldade em ovular e manter o bebê, a avó entrou em cena e se ofereceu para gerar a criança
  • Veja história completa
Avó engravida do próprio neto para ajudar a filha (Foto: Getty Images)

Dizem que as mães são capazes de fazer tudo pelo bem dos filhos. A  aposentada Zolande Rodrigues de Araújo, de 51 anos, provou que isso é verdade. Vendo a dificuldade que a filha estava passando para engravidar, ela se ofereceu para gerar o próprio neto.

-Publicidade-

Nataccia Rodrigues Rocha e o marido,  Alex Anderson Moura estavam há cinco anos tentando engravidar e, depois de alguns exames, o casal descobriu que a mulher tinha dificuldade para ovular e segurar a gestação no útero.

Os dois chegaram a tentar inseminações artificiais, que também não vingaram. “Eu passei por duas inseminações artificiais que não deram certo. Eu fiz uma cirurgia para verificar se tinha presença de endometriose e, depois, eu passei pela fertilização in vitro. Eu busquei todos os recursos médicos que haviam disponíveis para mim, e nenhum funcionou”, contou Nataccia ao portal G1.

-Publicidade-
Avó da à luz neto e prova que o amor de mãe é capaz de qualquer coisa (Foto: reprodução TV Anhanguera)

Foi então que, percebendo a dificuldade e tristeza da filha, Zolande resolveu dar uma mãozinha e se ofereceu para gerar a criança. A família procurou alguns médicos para se certificarem da possibilidade e pouco a pouco o sonho foi se concretizando.

“Desde que essa mulher tenha uma avaliação médica mostrando que ela tem condições de ter uma gestação, ela pode ser a pessoa que vai ceder o útero para poder gestar. No caso da mãe da Nataccia, ela é uma mulher com uma saúde em boas condições e isso permitiu que ela pudesse receber esse embrião da filha para poder gestar durante os 9 meses”, contou Vinícius Oliveira, médico especialista em reprodução humana que foi o responsável pelo procedimento com Nataccia e a mãe

Mãe, filha e genro acompanharam juntos todos os processos: do pré-natal ao parto. Hoje, com 6 meses, Bento é um verdadeiro presente para a família. “É a coisa mais gratificante do mundo. Eu jamais imaginei o tamanho desse amor. É o meu primeiro Dia das Mães como filha e como mãe, então, eu fico muito feliz de viver esse momento”, compartilhou Nataccia.

Agora, você pode receber notícias da Pais&Filhos direto no seu WhatsApp. Para fazer parte do nosso canal CLIQUE AQUI!

-Publicidade-