“Avó” elefanta reencontra família após 12 anos de separação e tem a melhor reação!

Pori, de 39 anos, foi transferida para Bergzoo, em Halle, na Alemanha e pode reencontrar a filha, Tana, de 19 anos, e as netas, Tamika, de 4, e Elani, de 1

Resumo da Notícia

  • Uma elefanta de 39 anos reencontrou a família depois de uma separação que durou 12 anos
  • Pori foi transferida de Berlim para Halle
  • Pori reencontrou a filha, Tana, de 19, e as netas, Tamika, de 4, e Elani, de 1

Uma cena no mundo animal chamou a atenção dos cuidadores de um zoológico na Alemanha. Uma “avó” elefanta comprimentou feliz da vida a neta pela primeira vez depois de ser afastada da família por 12 anos. Pori, de 39 anos, foi transferida para Bergzoo, em Halle, e também pode reencontrar com a filha, Tana, de 19, e com as netas, Tamika, de 4, e Elani, de 1.

-Publicidade-
O reecontro deve ter sido emocionante! (Foto: Divulgação)

A elefanta nasceu no Zimbábue e foi trazida para o Zoológico de Magdeburg, onde viveu por 14 anos antes de ser transferida para Berlim e ter a primeira filha. A filhote acabou sendo enviada para Halle, o que causou a separação das gerações. Para que o reencontro seja ainda mais aproveitado pela família elefante, o abrigo com os animais será fechado para visitar durante um tempo.

As elefantas permanecem com as gerações anteriores por toda a vida (Foto: Divulgação)

Na natureza, os elefantes machos costumam deixar o grupo para procurar uma parceira de reprodução, mas as fêmeas permanecem ao lado das mães por toda a vida. O zoológico de Halle faz parte de um programa que recria esse processo natural de laço familiar entre a espécie. ‘A chegada de Pori é um passo importante na criação moderna de elefantes. No futuro, todos esses mamíferos deverão ser cuidados nesse modelo nos zoológicos europeus. Hoje, chegamos muito mais perto desse objetivo”, disse o diretor do zoo, Dennis Muller, em entrevista ao Daily Mail.

-Publicidade-

-Publicidade-