BBB 22: Tiago Abravanel faz desabafo sobre relação com Silvio Santos: “Família margarina não é real”

O participante do reality abriu o coração para Rodrigo e Lais contando sobre o relacionamento com o avô

Resumo da Notícia

  • Tiago Abravanel fez um desabafo em conversa com Lais e Rodrigo
  • O participante contou que a relação com o avô não é próxima
  • Tiago contou que a mãe sofreu muito com a exclusão da família

Tiago Abravanel fez um desabafo na última segunda-feira onde contou como era a sua relação com o avô, Silvio Santos. Em conversa com Lais e Rodrigo, o participante do reality contou que já sofreu muito por causa da exclusão que acontecia com a mãe e as tias.

-Publicidade-

“É até difícil chamar de ‘vô’. Será que a relação se estabeleceu pelo profissional ou pelo Tiago? Então, assim, já sentei não pra conversar isso. Depois de adulto, sentei acho que umas duas vezes pra realmente dizer pra ele assim: ‘vô, é até difícil te chamar de vô, porque a referência de vô que tenho é o pai do meu pai. Quero dizer pro senhor que estou aqui, que gostaria de ter a liberdade de ligar e falar: posso ir aí ter dar um abraço?'”, disse Tiago.

“Nunca tive essa tranquilidade de me conectar nesse lugar, porque a relação nunca existiu. Claro que tem outras questões que não falam sobre mim, falam sobre outras pessoas, mas não acho que tenho o direito de expor aqui. Mas é um lugar muito delicado, sabe?”, completou.

BBB 22: Tiago Abravanel desabafou sobre relacionamento com Silvio Santos
BBB 22: Tiago Abravanel desabafou sobre relacionamento com Silvio Santos (Foto: Reprodução/Instagram)

Tiago também contou que a mãe sofreu muito. “A minha relação de família com o lado da família do meu avô, ela praticamente não existe, ao contrário do que as pessoas pensam. Eu aprendi a lidar com isso de uma maneira mais leve hoje, mas já me machuquei muito. Já me doeu demais saber que a gente estava comemorando o Natal, eu, minha mãe, minhas irmãs e meus sobrinhos, e o resto da família estava todo junto e a gente não estava”, relembrou ele.

“Eu senti essa dor durante 33 anos. Quando isso aconteceu, eu virei uma página. Por que estou julgando um Natal lindo e feliz dessa família se eu nunca fiz parte daquilo? Minha mãe sofre muito, muito”, desabafou. “A família de margarina não é real. Isso dói em mim, mas já aprendi a lidar com isso. Doeu por 33 anos e hoje tenho 34. Inclusive eu ter a tranquilidade de expor isso é porque eu já vivi um processo de não querer mais me esconder neste lugar. Por mais que as pessoas idealizem, pra mim a capa da revista, a família de margarina, não é real. E isso não significa que não doa. Dói eu ter a notícia que um primo meu nasceu pelo Instagram ou por uma revista, e não por uma ligação. E não foi por falta de tentativa. Sempre me coloquei à disposição, pra conversar”, ainda explicou Tiago.