Bebê de 1 ano e padrasto não resistem após desabamento de prédios em MG

Mãe e filha estavam juntas em um quarto, e o homem, em outro. A filha de André, de 13 anos, e a prima da mãe do bebê, de 19 anos, também estavam no local e foram resgatadas com vida

Resumo da Notícia

  • Bebê de 1 ano e padrasto não resistem após desabamento de prédios em MG
  • Mãe e filha estavam juntas em um quarto, e o homem, em outro
  • A filha de André, de 13 anos, e a prima da mãe do bebê, de 19 anos, também estavam no local e foram resgatadas com vida

Dois prédios desabaram na madrugada desta terça-feira, 7 de dezembro, na Rua Gonçalo de Souza Barros, no bairro Jaqueline, na Região Norte de Belo Horizonte. Depois do incidente, um bebê de 1 ano e 8 meses e o padrasto dele, de 35 anos, não resistiram.

-Publicidade-

A mãe da criança, que tem 23 anos, foi socorrida e  levada para o Hospital Risoleta Neves, na Região Norte. O padrasto, identificado como  André Luiz Alves Claudino foi encontrado por volta das 4h30 da manhã, já sem vida.

Bebê de 1 ano e padrasto não resistem após desabamento de prédios em MG
Bebê de 1 ano e padrasto não resistem após desabamento de prédios em MG (Foto: reprodução Google Maps/ TV Globo)

De acordo com o que o tenente Filipe Rocha, do Corpo de Bombeiros, disse em entrevista ao G1, os três estavam no segundo andar de um dos prédios. Mãe e filha estavam juntas em um quarto, e o homem, em outro. A filha de André, de 13 anos, e a prima da mãe do bebê, de 19 anos, também estavam no prédio e foram resgatadas com vida.

A causa do acidente ainda não foi determinada, mas acredita-se que o que ocorreu foi um problema de estrutura. “A causa exata desse acidente a gente ainda não consegue precisar. Não conseguimos afirmar se tem relação direta com a chuva, apesar da grande precipitação que tivemos durante todo o dia de ontem, porém a gente trabalha com problema estrutural no primeiro momento. Para ser mais específico, o trabalho de perícia técnica vai ser iniciado hoje mesmo para ter essa informação de forma mais fidedigna”, disse o tenente, ainda em entrevista à Globo.